Sem concorrência, empresas de ônibus perdem espaço para o avião

Celso Martins 

A concorrência cada vez mais acirrada entre as companhias aéreas praticamente não existe entre as empresas de ônibus. Até para as maiores cidades de Minas Gerais apenas uma concessionária opera as linhas de transporte rodoviário que partem de Belo Horizonte, o que torna a passagem mais cara.
Levantamento feito pelo Tudo de Viagem mostra que sai mais barato viajar de avião da capital para Uberlândia, no Triângulo Mineiro, onde apenas a Gontijo faz a ligação entre as duas cidades. Trip, Passaredo, Gol, TAM e Webjet têm voos para vários destinos a partir de Uberlândia.
Pela Trip Linhas Aéreas é possível encontrar o trecho Belo Horizonte/Uberlândia por R$ 99,90. De ônibus a ida sai por R$ 116,88 no veículo convencional. Este é o mesmo valor cobrado pela Gol de Confins para Uberlândia.
Para Uberaba, o trecho de ônibus é vendido pela Gontijo por R$ 103,53, enquanto pela Trip é possível viajar pagando R$ 99,90. Na cidade operam Trip e Azul. Para Juiz de Fora, na Zona da Mata, a Atual cobra pela passagem de ônibus R$ 57,35 no convencional e R$ 66,90 no carro executivo. Pela Trip, o trecho é vendido por R$79,90.
Se a sua viagem for para Montes Claros, no Norte de Minas, a passagem de ônibus sai por R$ 93,98 pela Transnorte, única empresa que faz a rota. A Gol cobra R$ 104,90. No final de semana era possível comprar passagens de avião por R$ 65.
Ônibus sem concorrência
Para São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília os preços cobrados pelas empresas de ônibus são praticamente os mesmos, e mais caros que os das companhias aéreas. Com isso, as empresas de ônibus estão enfrentando dificuldades para ter uma boa taxa de ocupação em suas rotas.
De Belo Horizonte para o Rio de Janeiro a Útil cobra R$ 70,90 no carro convencional e R$ 99 no executivo. A Cometa, que deveria ser concorrente, vende o trecho da capital para o Rio por R$ 70,95 no convencional e R$ 88 no carro executivo.
Pela Avianca é possível encontrar passagens por R$ 45 de Confins para o Rio. Mesmo com a taxa de embarque, de R$ 19,62, sai mais barato ir de avião para a cidade maravilhosa. A Webjet cobra o trecho R$ 49,99 por este trecho.
A situação não é diferente para São Paulo. A Cometa cobra R$ 85 pelo ônibus e convencional, e R$ 98 na classe executiva. Na Gontijo a viagem sai por R$ 92,62, carro executivo. A empresa não usa veículo convencional nesta rota.
De avião há várias tarifas promocionais para viagens às terças, quartas e sábados. A Webjet vende o trecho Confins/Guarulhos por R$ 59,99, e pela Avianca é possível viajar a partir de R$ 65.
Passagem de avião por R$ 75 para Brasília
A Itapemirim cobra R$ 113 pela passagem de Belo Horizonte/Brasília no carro convencional. Já a União, empresa do grupo da Gol, cobra R$ 112,60. As duas empresas usam ônibus com ar-condicionado e o passageiro ganha água em uma viagem de 11 horas. De avião é possível viajar pagando R$ 75 pela Webjet. Pela Gol é possível encontrar tarifas por R$ 65. O tempo da viagem de avião é de 1h10.
Para sugerir algum assunto, fazer críticas ou receber atualizações do blog me siga no twitter @martinsbh1
(Visited 76 times, 1 visits today)

3 comentários sobre “Sem concorrência, empresas de ônibus perdem espaço para o avião

  1. Olha depende…eu sou de Brasília e vou todo mês pra Belo Horizonte, a maioria das vezes compensa ir de ônibus o negócio é achar a cia certa, eu tenho duas q eu pego e eu pago em um 150(ida e volta) e em outro 160(ida e volta). Quando rola uma promoção boa mesmo ai sim é melhor ir de avião, o problema é o horário limitado da webjet e avianca.

Deixe um comentário

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com