Tudo viagem

Festival da Jabuticaba de 2015 será entre 4 e 6 de dezembro em Sabará

Se você estava planejando ir até a cidade histórica de Sabará, que fica na Região Metropolitana de Belo Horizonte, agora tem um motivo especial. Será nos dias 4, 5 e 6 de dezembro o 29º Festival da Jabuticaba, evento gratuito. Neste ano o festival será na Lagoa da Reta que fica na Avenida Central, perto do centro da cidade.

Além de poder encontrar a fruta bem docinha, e um um único espaço você estarão diversos produtos como: vinhos, licores, geleias doces e temperadas, compotas, bombons, trufas, bolos, sucos, chup-chups, sorvetes e outras delícias.  Vai ser montada uma praça de alimentação com música ao vivo. No ano passado cerca de 30 mil pessoas passaram pelo festiva nos três dias.

Já na parte do artesanato, o público terá uma variedade de trabalhos feitos à mão para adquirir: palmas barrocas, renda turca de bicos, imagens, quadros sacros, oratórios, brincos, colares, anéis, pulseiras, produtos em biscuit, bonecas de pano, bolsas em couro e sabonete artesanais dentre as muitas opções da feira.

Se você é como o autor deste blog, que não vai dar conta de esperar a data do festival, pode alugar um pé. Em Sabará são dezenas de opções. Você paga um valor, de R$ 20 a R$ 40, pode saborear a vontade, e ainda levar um balde cheio para casa.O ideal é que chova para a fruta fica ainda mais docinha.

TELEFONES DE ALGUMAS PESSOAS QUE ALUGAM OS PÉS DE JABUTICABAS

SILVINO FERNANDES: 31-9945-9953
ROSÂNGELA: 31-9676-3421
EDUARDO TORRES: 31-3671-4547
MÁRCIA: 31-3671-2379

Informações : 31-3671-1403

Com a chegada das chuvas, Sabará se prepara para o Festival da Jabuticaba

     Elemara Duarte

Celso Martins
Quando será o 26º  Festival da Jabuticaba de Sabará? Esse tem
sido um dos temas mais procurados pelos internautas nos últimos dias no Tudo de Viagem. A data ainda não está
definida, mas a intenção da Prefeitura de Sabará, cidade da Região
Metropolitana de Belo Horizonte, é realizá-lo no último final de semana de
novembro ou no início de dezembro.
A data do festival vai depender das
chuvas. Quando mais “molhadinha”, mais saborosas ficam as
jabuticabas. Sobre a dependência que a fruta tem da chuva, a explicação é
simples. “Seu processo de amadurecimento se dá melhor é com o aguaceiro.
Isso faz com que a fruta seja rica em líquidos. Da floração à maturação
completa são 40 dias e para cair são mais sete dias, no máximo”, diz a jornalista
Elemara Duarte, e moradora da cidade.
Comprovando a máxima de que “tudo
o que é bom dura pouco”, depois de colhida, a jabuticaba não dura mais que
24 horas sem se azedar. Portando, quando colher a fruta, consuma imediatamente.
Deixar de um dia para o outro numa bacia de água é outra dica deste apaixonado
pela fruta. Quer outra dica? Os mais velhos ensinam que para engolir as
sementes e não ficar encalhado é preciso  mastigar algumas cascas. Elas vão ajudar na
digestão.
No último festival cerca de 30
produtores de derivados da jabuticaba marcaram presença na Praça de
alimentação. Além de uma rica gastronomia típica, barracas da fruta fresca
também estão na estrutura. Fora da Praça de Esportes, os restaurantes da cidade
também se empenham para louvar a versatilidade da jabuticaba em cardápios
especiais.
A devoção à jabuticaba em Sabará é tão
grande, que a prefeitura incentiva a preservação das jabuticabeiras. A
iniciativa acontece através de lei municipal que dá desconto no valor do IPTU,
de cerca de 5%, para cada árvore plantada nos imóveis. Além disso, desde 2007,
o Festival da Jabuticaba é registrado como Patrimônio Imaterial do município.
Você que está no interior de Minas
Gerais ou em outro estado, fique atento para viajar para Sabará (MG), cidade
que fica a 20 minutos de Belo Horizonte. Com as chuvas dos últimos dias, a
fruta começou a amadurecer e daqui e em breve o centro da Capital vai ser
invadido pelos vendedores.
Serviço
Central de Atendimento ao Turista (31) 3672-7690 e (31) 3671-1403. 

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com