Brasil agora tem uma associação para o desenvolvimento do Turismo Religioso

Reunidos há dez anos através de um grupo de WhatsApp articulado por Sidnesio Moura e pelo jornalista Amadeu Castanho, especialistas e referências no Turismo Religioso no Brasil e internacionalmente conhecidos resolveram tirar aquilo que estava apenas de forma online e colocarem em prática.

“Foram dez anos vendo a situação da Caminhada do Turismo Religioso no Brasil e em outros países, comentávamos e ainda comentamos como as pessoas vêm entendendo mal o Turismo Religioso, onde imaginam que imagens gigantes podem atrair pessoas, uma disputa que não acaba, sempre levantando qual será o maior monumento religioso que irá superar o Cristo Redentor. Quem sempre nos chamou e chama a atenção para esta questão é o jornalista Amadeu Castanho”, comenta Sidnesio Moura, vice presidente da Associação Brasileira de Turismo Religioso e um dos  responsáveis  em articular a criação da associação.

Os membros fundadores têm como um dos objetivos principais buscar junto ao Ministério do Turismo tirar o Turismo Religioso de ser apenas um produto do Turismo Cultural, conforme descrito no Marcos Conceituais do Ministério do Turismo, e passar a ser um segmento porque ele tem uma expressão forte da fé e espiritualidade do povo, segundo Sidnesio.

Em relatos levantados por esta redação os protagonistas desta união foram o jornalista Amadeu Castanho e Sidnesio Moura, que desde o início buscaram levantar dados sobre o Turismo Religioso no Brasil, onde logo após se uniram a Eluiso Voltolini, ainda no ano de 2015 e então Secretário de Turismo de Nova Trento/SC e responsável pelo GT de Turismo Religioso na época no Estado de Santa Catarina.

Logo após outros integrantes foram se unindo, com foi o caso de Rúben Moyano, idealizador da Rota da Fé em Campo Mourão/PR e do Congresso Internacional de Turismo Religioso e Sustentável, veio  José Tito que foi coordenador da pasta de Turismo Religioso na Secretaria de Turismo no Estado da Bahia, e aos poucos foram unindo e somando forças vários outros especialistas e referências no TR, onde foi o caso do de Josimar Azevedo e Camilo de Lelis responsáveis pelo Caminho Religioso da Estrada Real, que une os 38 municípios, sendo 32 mineiros e dois paulistas.

Para o Professor Josimar Azevedo, um dos sócios fundadores, diretor da Sacrum Brasilidade e idealizador do Caminho Religioso da Estrada Real a importância da Associação de Turismo Religioso amplia a visibilidade pública da identidade específica dos Caminhos Religiosos como uma expressão rica e especial do Turismo Religioso. Cria uma Rede de Caminhos Religiosos, com possibilidade de compartilhamento de informações e integração de projetos e proporciona base legal para gestores de Caminhos Religiosos estabelecerem parcerias com governos e instituições pública.

Várias matérias foram realizadas por esta redação sobre o Turismo Religioso e seu avanço no Brasil. Desde 2014 o Ministério do Turismo vem informando dados sobre o TR – mas podemos ver que com a criação da Associação Brasileira de Turismo Religioso com pessoas que são referências e especialistas do TR no Brasil, poderemos quiçá ter algo mais consistente onde o Mtur poderá contar com informações mais precisas e ter uma instituição a quem possa ser este Observatório do Turismo Religioso no Brasil, sem olhar para uma religião específica.

“Consideramos importante a criação da ABTUR para orientar, promover, integrar e  trocar experiências  entre os Polos Indutores de Turismo Religioso no Brasil. Certamente a ABTUR dará mais respaldo as ações e projetos desse segmento de Turismo que está se destacando nacionalmente, conforme recentes pesquisas realizadas”, afirma Eluisio Voltolini, Presidente da Associação.

Para a Professora Dra. Marlene Huebes, sócia-fundadora da ABTUR e membro do Conselho Nacional de Turismo, no Brasil a diversidade e a riqueza de santuários, catedrais, festas, romarias e locais de peregrinação e rotas e caminhos da fé, entre outros roteiros, interferem na experiência da fé assim como na geração de emprego e renda com a melhoria da qualidade de vida da população local. Logo é um turismo religioso sustentável porque está comprometido com as dimensões do cultural, social, ambiental e econômico.

“Vivemos num país marcado pela fé e espiritualidade e, segundo o Ministério do Turismo, esse segmento chega a movimentar em torno de 20 milhões de pessoas. E isso sem considerar o turista que viaja a um determinado destino turístico por outras motivações, mas acaba participando do turismo religioso ao se deparar com celebrações, monumentos, eventos, museus e outras atividades relacionadas às práticas religiosas”, diz.

Manoel Sidnesio Gomes de Moura – vice-presidente da ABTUR

Ruben Moyano, argentino, idealizador de dois grandes eventos do Turismo Religioso Nacional e Internacional que são a Rota da Fé em Campo Mourão/PR e o Congresso Internacional de Turismo Religioso e Sustentável, afirma que a sociedade mundial não pode nem deve ficar neutra a um fenômeno tão amplo e integrador como é o Turismo Religioso, por isso a ABTUR vai ter um papel muito importante a nível do Brasil pra difundir, acompanhar e potencializar o Turismo Religioso.

“O Brasil agora tem uma Instituição que irá olhar para o Turismo Religioso em sua diversidade de expressões Religiosas. Sou católico atuante, sabemos que a Igreja Católica é a que mais tem atuado e incentivado o TR pelo mundo. Mas existem várias expressões religiosas que merecem nossa atenção e que possuem um forte apelo para o desenvolvimento do Turismo Religioso” afirma Sidnesio Moura,  vice-presidente da ABTUR.

Com isto notamos que o Turismo Religioso vai ter um rosto para poder se olhar, com especialistas sérios e que já são referências e renomados nomes do Turismo Religioso no Brasil.

Conheça os membros da diretoria e os sócios fundadores:

Diretoria:

Eluisio Antônio Voltolini – presidente da ABTUR

Eluisio Antônio Voltolini, graduando em Marketing, foi Secretário de Turismo da cidade de Nova Trento, Terra de Santa Paulina por 8 anos, Coordenou durante 5 anos o Grupo de Trabalho de Turismo Religioso de Santa Catarina, sócio fundador e presidente da   ABTUR – Associação Brasileira de Turismo Religioso.

Manoel Sidnesio Gomes de Moura (Sidnesio Moura), Teólogo; Turismólogo; MBA em Coaching na Gestão de Pessoas; pós-graduado em Turismo Religioso pela Faculdade Dom Bosco do Grupo FAVENI (grade do curso de sua autoria); foi aluno especial de Mestrado em Turismo da UFRN; CEO da MS Consultoria em Turismo, única do Nordeste com especialidade no Turismo Religioso e Cultural; foi Secretário Adjunto de Turismo em Canguaretama, terra dos Santos Mártires de Cunhaú; atualmente está como Assessor de Turismo de Nísia Floresta/RN,  berço da Campanha da Fraternidade; Presidente do Convention Bureau de Nísia Floresta; Colunista da Revista Qual Viagem; representante da Assessoria de Imprensa do Turismo – ASSIMPTUR no Nordeste; atualmente é Agente de Roteiros Turísticos do SEBRAE PB; idealizador do Caminho dos Santos Mártires  que une oito destinos no RN; autor de dois livros: A Santíssima Trindade e o plano de Salvação e A Santa Missa, lugar perene e Pleno de Curas e Milagres; principal referência do Turismo Religioso no Nordeste; expertise na criação de Roteiros Turísticos;  idealizador e Coordenador dos Fóruns Nacional e regionais de Turismo Religioso. Autor de vários cursos sobre o Turismo Religioso, onde formou de forma online mais de 500 pessoas durante a pandemia; foi palestrante no Congresso Brasileiro dos Profissionais de Turismo a Aparecida/SP; Primeiro palestrante a falar sobre o Turismo Religioso no Congresso Brasileiro de Guias de Turismo no ano de 2017 que aconteceu em Natal/RN, palestrou por dois anos em aulas inaugurais dos cursos de Guia de Turismo no IFRN e SENAC; Foi palestrante no primeiro Workshop de Turismo Religioso em Canindé/CE; atualmente sócio fundador e vice presidente da ABTUR.

Marcus Antônio Lúcio Vaz, formado em Administração empresário, fundador da Associação Fé no Coração do Brasil – AFÉ e gestor de turismo com ênfase em turismo religioso.  Atua em Trindade/GO e região ou seja centro e norte do Brasil.

Ruben Orlando Moyano, casado, pai de três filhas, Engenheiro em Sistemas (Buenos Aires – Argentina); Pós-graduação em Roteiros Turísticos (Buenos Aires – Argentina); Pós-graduação em Gestão Ambiental (UNESPAR – BRASIL); Titular Cátedra Informática aplicada ao Turismo I.S.T.P.M (1985-2002), Buenos Aires – Argentina; Instrutor Sistema de reservas passagens Amadeus, Buenos Aires – Ar; Instrutor Curso Guia de Turismo (2003-2006), Senac Curitiba;  Coordenador Jornal Servindo da Diocese de Campo Mourão (2008-2010);  Coordenador Técnico da Pastoral do Turismo do Brasil – CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (2010-2013); Chefe Departamento de Industria, Comercio e Turismo de Campo Mourão – Paraná (2013-2016); Idealizador e Coordenador Técnico Região Turística “Ecoaventuras Histórias e Sabores” integrada por 25 municípios (atualmente);  Idealizador e coordenador “Congresso Internacional de Turismo Religioso Sustentável -2006” atualmente XIX edição; Idealizador e Coordenador peregrinação “Rotas da Fé – 2007” atualmente, edição 66; Integrante Grupo de Trabalho de Turismo Religioso do Paraná;  Coordenador Pastoral de Turismo da Diocese de Campo Mourão; Interlocutor e coordenador Primeiro Caminho Iniciático de Santiago de Compostela.  Membro Fundador Associação Brasileira de Turismo Religioso; Sócio fundador e Secretário da ABTUR.

Sócios Fundadores:

 

Professora Dra. Marlene Huebes Novaes, Doutorado em Administração e Turismo – Universidade do Vale do Itajaí- UNIVALI;  Mestrado em Relações Públicas, Propaganda e Turismo – Turismo e Lazer. USP; Docente e pesquisadora da Universidade do Vale do Itajaí – UNIVALI; Membro do Conselho Nacional de Turismo – CNT; Consultora de planejamento e gestão do turismo religioso em várias regiões do Brasil, pesquisa de demanda turística religiosa, estudo de mercado e estruturação do Turismo Religioso; Foi coordenadora técnica do Roteiro Caminhos da Fé da grande Florianópolis; Plano de Turismo de Nova Trento aonde tem o Santuário de Santa Paulina, primeira Santa brasileira e o Santuário Nossa Senhora do Bom Socorro; Plano Turismo de Piraí do Sul- PR aonde tem o Santuário de Nossa Senhora das Brotas, Plano de Turismo Religioso do Santuário de São Miguel Arcanjo, em Bandeirantes- PR, Plano de Turismo de Paranaguá – onde localiza-se o Santuário de Nossa Senhora do Rocio- Padroeira do Estado do Paraná;  Plano de turismo de Imaruí- SC- terra da Beata Albertina Berkenbrock, Plano de Turismo de Itaiópolis aonde tem a Igreja de Santo Estanislau (maior igreja da América Latina,  construída por imigrantes poloneses); Realizou oficinas e capacitações de turismo religioso em Belém, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Goiás, entre outros destinos de turismo da fé; Jurada do Projeto Jovem, do Congresso Internacional de Turismo Religioso e sustentável; Autora de capítulos de livros e artigos científicos sobre planejamento de destinações turísticas e de Santuários religiosos; Palestrante em eventos de Turismo Religioso no Brasil, Argentina, Espanha e México; Orientadora de produções acadêmicas de Pós-graduação e Graduação e membra de bancas examinadoras de turismo religioso e sócia fundadora da ABTUR.

José Tito Carvalho Santana, Professor, Técnico em Química e Gestor em Turismo, foi admito na Empresa de Turismo do Estado da Bahia S/A – Bahiatursa, em 05/04/1983, começando como auxiliar administrativo e terminando como gerente de patrimônio em 29/09/2015. No período de 1992 a 1997, foi servir por empréstimo, à Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia como escrivão ad-hoc, depois respondeu como Delegado de polícia nos municípios de Antas e Novo Triunfo-Ba. Retornando à Bahiatursa em 1999. De dezembro de 2015 a 2021,serviu à Secretaria de Turismo do estado da Bahia como Coordenador Geral do Turismo Religioso. Onde desenvolveu vários projetos e prestou assessoria aos municípios baianos, gerando emprego e renda para a população baiana. Sócio Fundador da ABTUR.

Professor Dr. Josimar da Silva Azevedo, Teólogo, produtor cultural, consultor e empresário no segmento de Turismo. Líder do Grupo de Pesquisa Religião, Patrimônio Cultural e Turismo Religioso. Especialista na criação e gestão de rotas e caminhos turístico. Criador do conceito e da metodologia Turismo de Caminho. Criador e sócio administrador da Empresa SACRUM Brasilidades. Gestão em Turismo e Cultura, gestora do Caminho Religioso da Estrada Real – CRER.

Professor Mestre Camilo de Lelis Oliveira Santos Ribeiro, Filosofo e teólogo com estudos e pesquisas nas áreas de filosofia, teoria da complexidade, cultura, patrimônio cultural imaterial, turismo religioso e espiritualidade; Mestre em Teologia, e Doutorando em Psicologia – PUC Minas; Foi coordenador e preparador da Romaria piloto de 1.050 Km, de caminhantes, na preparação do Caminho Religioso da Estrada Real; Foi um dos coordenadores das Romarias Padroeiras no CRER, por três anos consecutivos, envolvendo peregrinos nas quatro modalidades (a pé, de bike, a cavalo e 4X4 off road); Professor na Graduação e Pós-Graduação do Departamento de Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUC Minas; Pesquisador e assessor do grupo de pesquisa “Religião, Patrimônio Cultural e Turismo Religioso” da PUC Minas;  Um dos fundadores da Empresa SACRUM Brasilidades, especialista em consultoria e gestão em Turismo e Cultura, com foco em Turismo Religioso de Caminho, com expertise na instalação e desenvolvimento de Rotas, na ressignificação de rotas e caminhos, espaços do sagrado e patrimônio cultural e religioso. É um dos responsáveis pela instalação e gestão da maior rota de Turismo Religioso do Brasil, o Caminho Religioso da Estrada Real – CRER.

Amadeu Castanho, é o único jornalista brasileiro especializado em turismo religioso e o Editor da revista eletrônica Viagens de Fé (www.viagensdefe.com.br), única publicação brasileira focada na divulgação de viagens religiosas, destinos religiosos, romarias e peregrinações. Tem cursos de especialização em Marketing, Publicidade e Hotelaria, entre outros, tendo atuado como profissional e como consultor nesses três segmentos. Viaja profissionalmente conhecendo destinos de turismo religioso no Brasil e no Exterior, utilizando suas observações e sua experiência profissional para enriquecer o conteúdo de suas palestras. Trabalhou em publicações de renome no Brasil e no Exterior e se especializou na cobertura de nichos do mercado de turismo. Foi gerente de Marketing na Fundação João Paulo II (Canção Nova), consultor de Marketing da Associação do Senhor Jesus (Tv Século XXI) e atuou na Pastoral da Comunicação (PASCOM) da Arquidiocese de São Paulo e no Ministério de Comunicação da Renovação Carismática Católica de São Paulo. Graças a essa experiência, principalmente na área de Marketing, suas palestras refletem uma visão holística do turismo religioso. Participa como palestrante de importantes eventos nacionais e internacionais sobre turismo religioso.

Fotos por: Divulgação

Deixe um comentário Cancelar resposta

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com

Ação não permitida!