Litoral Norte de São Paulo é paraíso brasileiro de mergulho

Litoral Norte de São Paulo é paraíso brasileiro de mergulho

As cidades de Bertioga, Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba, que compõem o Circuito Litoral Norte de São Paulo, formam um cenário paradisíaco para os amantes de mergulho. Suas águas, de tons azul-esverdeados, são em boa parte da costa cristalinas, favorecem a visibilidade da rica biodiversidade da região.

Seja de snorkel ou com cilindro, em mergulho de profundidade, quem visita o Litoral Norte encontra uma vida marinha repleta de espécies de peixes e cetáceos, além de corais e até naufrágios.

Ou seja, tanto os mergulhadores iniciantes, quanto os já certificados, podem se aventurar nas águas da região, realizando a atividade não só nas praias e ilhas das cinco cidades, como também em mar aberto. E sempre contando com profissionais especializados que realizam não só os passeios até o local, como também todo o acompanhamento embaixo d’água.

“Além de ser privilegiado com paisagens paradisíacas e uma rica biodiversidade aquática, o Litoral Norte conta com infraestrutura e condições que favorecem o turismo de mergulho. É mais uma ótima opção para o roteiro dos visitantes, que não precisam se deslocar até outros estados para vivenciar as experiências incríveis de contato com a natureza e interação com a vida marinha que a atividade proporciona. Com isso, a atividade agrega valor ao destino, colabora para a preservação ambiental e contribui para a extensão da permanência do turista na região”, comenta o presidente do Circuito Litoral Norte, Caio Matheus.

Em Bertioga, por exemplo, o snorkeling tem um diferencial: é feito nas águas do rio Jaguareguava. O rio, que também é palco para a prática de canoagem, tem dois quilômetros navegáveis e águas cristalinas que permitem um passeio agradável em meio ao verde da Mata Atlântica.

Já em Caraguatatuba, as ilhas do Tamanduá e da Cocanha formam um roteiro imperdível para os mergulhadores. Enquanto a primeira, com acesso a partir das praias da Mococa ou da Tabatinga, é destino muito procurado por mergulhadores e pescadores, a segunda conta com vasta fauna marinha, o que torna o local ótimo para a prática do mergulho livre.

A cidade de Ilhabela é reconhecida como um dos principais destinos de mergulho do país, abrigando não só pontos com boa visibilidade e atrativos naturais exuberantes, como também dezenas de naufrágios que criam toda uma experiência durante a atividade, como o Príncipe de Astúrias, que afundou em 1916.

Entre os destaques locais estão: a Ilha das Cabras, decretada Parque Municipal Marinho, e que abriga espécies da fauna marinha como garoupas, badejos, robalos, caranhas, sargos-de-dente, e bodiões; e a Ilha de Búzios, um dos pontos preferidos entre os mergulhadores paulistas, onde pode-se encontrar raias, tartarugas-marinhas, frades, soldados, corcorocas e sargos.

O Arquipélago de Alcatrazes, a 45 quilômetros da costa de São Sebastião, é considerado um dos melhores pontos de mergulho do país, com mais de 100 locais propícios para a prática e visibilidade de até 30 metros. O lugar, reaberto ao público em 2019, abriga mais de 1300 espécies como tartarugas, arraias e golfinhos

Assim como a Ilha dos Gatos, situada a pouco menos de dois quilômetros da Ponta da Baleia, que tem águas bastante límpidas com boa visão do fundo, o que é uma atração à parte para os mergulhadores por conta das diversas espécies de peixes que vivem no local.

Os principais pontos de mergulho de Ubatuba também se concentram nas ilhas nos entornos da cidade. Principalmente a Ilha Anchieta, que é considerada uma das principais atrações naturais da cidade, e permite mergulho de profundidade entre 2 e 18 metros. Ali, além de uma diversa vida marinha, é possível encontrar uma estátua em tamanho natural em homenagem ao mergulhador e cientista francês Jacques Cousteau.

E também a Ilha das Couves, um verdadeiro paraíso situado no extremo norte da cidade, com profundidades de 3 a 25 metros ideais para mergulho.  Entre as espécies que podem ser observadas na ilha estão: miriquitis, camarões palhaços, caranguejos aranhas, budiões, marias da toca e nudibrânquios. O local conta ainda com diversas piscinas naturais para fazer snorkel.

Pensando em potencializar essas e outras experiências turísticas na região, o Circuito Litoral Norte trabalha sempre com o conceito de turismo sustentável, respeitando as comunidades locais e a natureza. Por isso, sugere que os passeios sejam feitos com acompanhamento de guias monitorados, credenciados e capacitados pelo CADASTUR.

Para conhecer as experiências do Litoral Norte acesse: https://circuitolitoralnorte.tur.br/experiencias

Para conhecer o guia geral de fornecedores: https://circuitolitoralnorte.tur.br/guiageral

Imagem: Thiago Guirado/ Sectur Ilhabela

(Visited 14 times, 2 visits today)

Deixe um comentário

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com