Tudo viagem

Help Aéreo ajuda a combater os abusos praticados pelas companhias

O aplicativo Help Aéreo lançado há dois meses está sendo a nova “arma” dos passageiros para coibir os abusos praticados pelas companhias aéreas. O aplicativo conecta passageiros que querem pedir indenizações por maus serviços prestados pelas empresas aéreas a advogados. A reclamação do passageiro é enviada a escritórios e profissionais cadastrados no programa. Se virar uma ação judicial, os advogados recebem até 20% sobre o valor da causa no caso de vitória. Se o passageiro perder a ação não é cobrado honorário pelo advogado.

O Help Aéreo permite que o passageiro informe ao advogado se o problema foi com a bagagem, atraso, cancelamento do voo ou extravio de bagagem. O passageiro pode ainda fotografar os documentos e enviá-los pelo aplicativo, tudo de graça. O advogado tem até 48 para responder o passageiro, mas na maioria das vezes a resposta é dada antes deste prazo. Segundo o advogado Getúlio Santos, um dos idealizadores do projeto, cinco ações foram ajuizadas e 10 estão em andamento. O aplicativo está disponível para IOS (Iphone) e nesta semana deve ser liberado para as outras plataformas.
Pelas regras da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a partir de uma hora de atraso, a empresa tem que garantir acesso à internet e a telefonemas. A partir de duas horas, o passageiro pode exigir alimentação. Se o atraso for superior a quatro horas, a companhia tem que dar acomodação ou hospedagem e transporte. Nesse caso, o passageiro também tem direito a receber reembolso integral, incluindo a tarifa de embarque.
A legislação brasileira permite ainda que o passageiro tenha a opção de remarcar o voo para outra data e horário. Pode ainda embarcar no próximo voo da mesma empresa se houver lugar disponível para o mesmo destino.

Acesse aqui o aplicativo

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com