Delícias da roça tomam praça de Itapecerica durante Festival de Gastronomia Rural

Delícias da roça tomam praça de Itapecerica durante Festival de Gastronomia Rural

Fornos de barro, fogão a lenha e churrasqueiras são montadas na Praça do Coreto para deliciar os visitantes

Produtores montam mesas, barracas e estandes para venda de produtos da roça (Crédito: Divulgação)

 

A mesa farta de delícias da fazenda, o forno de barro e o fogão à lenha farão parte do cenário na praça principal de Itapecerica, cidade do Centro-Oeste mineiro que irá realizar, de 8 a 11 de junho, feriado de Corpus Christi, o XV Festival de Gastronomia Rural.

Uma ótima opção de lazer para a família ou para ir com os amigos. A 180 Km de Belo Horizonte, a cidade tornou-se referência em gastronomia, principalmente na típica comida mineira e da roça.

O festival leva para a praça da cidade fornos de barro, fogão a lenha, churrasqueiras e até mesmo um alambique artesanal para que os moradores e visitantes possam degustar o que há de melhor em comida e bebida típicas.

Alambique que funciona por tração de bois encanta visitantes (Crédito: Divulgação)

 

Os pratos feitos e comercializados no festival são receitas que passam de geração em geração e têm uma diversidade grande de ingredientes. O modo de preparar e até a forma de saborear são também especiais. Os quitutes podem ser degustados ali mesmo, dentro da cozinha, da venda ou da quitanda montadas nas ruas da cidade.

Do café ao queijo, do tutu à mineira ao frango caipira, a carne guardada na lata de banha, do leitão à pururuca ao arroz com suã, das cervejas artesanais à cachaça. Hummmmm, tudo feito com muito carinho e ingredientes selecionados. Sem contar o pão de queijo feito no forno a lenha. É de comer rezando!

Pão de queijo assado na hora, no forno de barro: de dar água na boca (Crédito: Divulgação)

 

O festival é aberto ao público e, além das delícias da roça, o evento tem programação musical, com shows sertanejos, apresentações culinárias e celebrações da Folia de Reis. Veja a programação deste ano no Instagram @itapecerica.mg.

Oficinas gastronômicas

Outro destaque da programação é a realização de oficinas gastronômicas, a cargo de chefs e cozinheiros de Itapecerica e convidados. Neste ano, por exemplo, o chef Flávio Trombino, do Restaurante Xapuri, de BH, vai ensinar a fazer um Curau Tostado.

Tem ainda oficinas de ambrosia, chouriço com maçã caramelizada, pão com torresmo da roça e lombo trançado com toicinho de barriga, dentre várias outras.

Churrasco também integra o cardápio do festival (Crédito: Divulgação)

 

História

Décimo município a ser criado em Minas, Itapecerica possui patrimônios históricos no centro urbano, onde ainda permanece o casario de estilo colonial, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, Igreja de Nossa Senhora das Mercês, Igreja de São Francisco e a Matriz de São Bento, obra mais imponente da cidade e local do palco principal do Festival de Inverno.

Matriz de São Bento, obra mais imponente da cidade e local do palco principal do Festival de Inverno (Crédito: @alissonprodlik/@itapecerica.mg/Divulgação)

 

Outro ponto de destaque está a dois quilômetros do centro urbano do município. É o casarão colonial bicentenário da Fazenda Palestina, que foi recentemente restaurado e adaptado para o turismo rural. O município abriga, entre as belas montanhas, uma aldeia Muã Mimatxi, da etnia Pataxós, centenas de referências históricas e artísticas que rotularam o município como “Berço Cultural do Centro Oeste Mineiro”.

Deixe um comentário Cancelar resposta

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com

Ação não permitida!

Sair da versão mobile