Aeroporto Santos Dumont testa novo equipamento de inspeção de bagagem norte-americano

 
 
 
 
O
Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, é o primeiro do Brasil a
testar um novo sistema de verificação de bagagens, conhecido como
Qylatron. O próprio passageiro coloca seus pertences em um dos cinco
dispositivos.
 
 
Um
único equipamento de raio x faz a leitura de todas as bagagens.
Fabricado pela empresa norte-americana Qylur, o equipamento foi
alocado, para fins de demonstração, ao lado de um dos pórticos de
segurança. Ele consiste em um sistema
de autoatendimento para triagem de bolsas e artigos pessoais.
 
 
A
Infraero e da Polícia Federal estão fazendo a supervisão do
equipamento. Um grupo de Agentes de Proteção da Aviação Civil
(APACs), que recebeu treinamento específico, opera o Qylatron. O
equipamento ficará no Santos Dumont até sexta-feira (10 de maio).
 
 
O
Qylatron pode ser instalado em locais de grande concentração do
público, como estações do metrô e estádios. A Infraero não está
pagando pelo equipamento. A intenção da empresa é fazer uma
demonstração para possíveis aquisições pela Infraero. O equipamento mostra com detalhes o que está sendo levado em cada bagagem.
 
 
(Visited 61 times, 5 visits today)