Avianca desiste de Congonhas/Confins para investir na ponte aérea

Celso Martins

A Avianca suspendeu no dia 19 de março seus voos diretos de Confins para os aeroportos paulistas de Congonhas e Guarulhos. A notícia foi divulgada com exclusividade pelo Tudo de Viagem no dia 12 de março. A companhia precisou demitir três funcionários em Confins com a redução de sua malha.
A direção da Avianca não fez nenhum comunicado aos clientes sobre os motivos de desistir destas ligações a partir de Confins. A companhia abriu mão da rota para São Paulo a partir de Minas Gerais para reforçar a ponte aérea entre Congonhas (SP) ao Santos Dumont (RJ). A Avianca passou de 17 para 18 voos diários entre as duas cidades mais importantes do país.
A ponte aérea Rio/São Paulo é uma das rotas mais rentáveis da Avianca. No serviço de bordo, elogiado pelos clientes, os passageiros dos voos do Rio para São Paulo recebem sorvete de vários sabores. A companhia tem slots em Congonhas, posições de pousos e decolagens de segunda a sexta-feira, junto com a Gol/Varig e TAM. As companhias Trip, Azul e Webjet não têm slots em Congonhas.
No dia 19 de março, a Avianca recebeu mais A-319 que será usado na ponte aérea. A companhia tem 26 aeronaves e planeja transportar 5,4 milhões de passageiros até o final de 2012. Em Confins a Avianca tem voos diretos para o Santos Dumont, Galeão e Brasília. Nestas rotas são usados os aviões Fokke 100.
(Visited 6 times, 2 visits today)

local_offerevent_note março 28, 2012

account_box Celso Martins


local_offer