Uruguai prorroga até abril de 2019 isenção de impostos para turistas estrangeiros

O Uruguai recebeu no primeiro semestre de 2018, 2.147.957 visitantes não residentes, o que significou um aumento de 1,7% em relação ao mesmo período de 2017.

Turistas estrangeiros terão isenção do IVA até abril de 2019 para despesas de serviços gastronômicos, empresas de aluguel de carros e serviços de catering para eventos e festas. O benefício está vigorando desde o ano de 2012. O anúncio da prorrogação do benefício foi feito durante a passagem da Ministra de Turismo do Uruguai, Liliam Kechichian, na Festuris Gramado e pelo Vice-Ministro de Turismo do Uruguai, Benjamin Liberoff, na ABAV 2018.


[read more=”Leia mais…” less=”Recolher”]

Os turistas estrangeiros passam a receber até 22% de devolução de IVA sobre serviços gastronômicos, catering e aluguel de carros até 30 de abril de 2019. Além de benefícios fixos, que valem durante o ano todo: IVA zero em hotéis, TAX FREE para as compras acima de 600 pesos uruguaios em locais aderidos e devolução de 10,5 % do IVA por aluguel de imóveis, mediante pagamentos com cartão.

O Uruguai recebeu no primeiro semestre de 2018, 2.147.957 visitantes não residentes, o que significou um aumento de 1,7% em relação ao mesmo período de 2017 (2.111.594). A receita em dólar foi de US $ 1.414.109.318, no equilíbrio da balança entre as despesas realizadas pelo turista uruguaio no exterior e a contribuição dos visitantes não uruguaios foi positivo, o que representou um total de US $ 736.970.904.

COMO FUNCIONA

O turista que compra na loja com cartão de crédito ou débito, tem alguns dados básicos inseridos em um sistema (nome, nacionalidade, número do passaporte) normalmente solicitados pelo vendedor ou caixa do estabelecimento e as informações viajam eletronicamente para os 11 pontos de saída do Uruguai que estão ativos.

Quando o turista deixa o país, ele passa pela alfândega onde o funcionário da alfândega digita os dados digitalizando o passaporte e pede o cartão de crédito para comprovar o reembolso do imposto, que entra em vigor em cinco dias úteis.

NOVO SERVIÇO

Nesse ano, foi adicionado um novo serviço Global Customer Care, que permite rastrear o reembolso de impostos. Toda vez que um turista compra em uma loja basta passar o número de celular, quando o visitante sai do estabelecimento recebe uma mensagem de texto que diz: “Obrigado por comprar nesta loja”, funcionando como um lembrete e como  um rastreio da operação um dia antes que o turista deixe o país, até que o dinheiro seja creditado no seu cartão.

DEVOLUÇÃO DE IMPOSTOS

Os pontos de saída do Uruguai que podem realizar a devolução de impostos são: Aeroporto Internacional de Carrasco, Aeroporto de Laguna Del Sauce, Puerto de Montevidéu, Puerto de Colônia Del Sacramento, Terminal de Arribos de Cruceros de Punta Del Este, Ponte Salto-Concordia, Ponte Paysandú-Colón, Ponte Fray Bentos – Porto Unzué e Chuy.

GARANTA AQUI AS PASSAGENS PROMOCIONAIS NOS VOOS PARA MONTÉVIDEU

[/read]

Saiba como o Ceará pretende reduzir o preço das passagens aéreas para atrair turistas

Para ter direito a isenção do ICMS as companhias terão que manter ao menos cinco voos internacionais por semana chegando ou partindo dos destinos do estado.

As companhias Gol e LATAM aderiram ao programa lançado pelo Governo do Ceará que prevê isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços no querosene de aviação em troca do aumento de voos no estado. Para ter direito a isenção do ICMS as companhias terão que manter ao menos cinco voos internacionais por semana chegando ou partindo do Ceará.

…………………….continua após o anúncio……………………..


[read more=”Leia mais…” less=”Recolher”]

Gol e LATAM terão ainda que operar 40 voos diários partindo ou chegando de Fortaleza. No ano que vem esse número terá que passar para 50 rotas diárias. Com a redução de impostos já valendo, já é possível perceber a redução dos preços das passagens. De Vitória para Fortaleza, em voo direto da LATAM, é possível garantir passagens para viajar em agosto por R$ 199,90 na ida e por R$ 199,90 na volta.

As companhias terão direito ainda a isenção sobre importação de peças de manutenção e de aeronaves, transporte doméstico de cargas e alimentos e provisões de bordo. O termo prevê que, a partir deste mês, seja ampliado em 25% o número médio de chegadas e partidas domésticas diárias da LATAM em Fortaleza.

Já no mercado internacional, o aumento será de cinco vezes, passando de 2 para 10 a quantidade semanal de chegadas e partidas internacionais da companhia em Fortaleza. A Gol começa a oferecer em novembro voos diários de Fortaleza para Miami e Orlando. A foto acima doBoeing 737-800 Max que a Gol vai usar nos voos para os Estados Unidos saindo de Brasília e Fortaleza.

QUER VIAJAR PARA O CEARÁ OU PARA OUTRO DESTINO? GARANTA AQUI DESCONTOS ESPECIAIS

[/read]

Uruguai vai isentar taxas e impostos para atrair turistas estrangeiros. Acesse o guia de destinos!

Turistas estrangeiros que visitarem o Uruguai a partir de dezembro deste ano terão isenção de impostos a turistas em serviços de hospedagem, aluguel de veículos, locação de imóveis, gastronomia e catering para festas e eventos até 31 de março de 2016. O anúncio deste incentivo foi feito nesta semana pelo vice-ministro de Turismo do Uruguai, Benjamin Liberoff, que esteve no Brasil para participar da ABAV Expo – feira internacional desse segmento -, que acontece em São Paulo. Na foto acima a cidade histórica Colônia Sacramento.

A meta é atrair mais de 500 mil turistas brasileiros em 2015. No ano passado foram 462 mil, representando um crescimento de 17% em relação a 2013, quando 393 mil brasileiros estiveram no país vizinho. O Brasil é a segunda nação em número de turistas no Uruguai, atrás apenas da Argentina. Só em 2014, os brasileiros movimentaram mais US$ 294 milhões em viagens às principais cidades uruguaias.


O Uruguai já registra um crescimento de turistas entre janeiro e agosto deste ano, quando recebeu cerca de 2 milhões de visitantes – 8,8% a mais que no mesmo período de 2014. No ano passado, ao todo, foram 2,8 milhões de turistas, dos quais 16,4% brasileiros. Só no primeiro semestre de 2015, mais de 224 mil pessoas com nacionalidade brasileira visitaram o Uruguai.
Apesar da valorização do dólar frente ao real, o Ministério do Turismo do Uruguai espera ampliar o número de turistas brasileiros em 2015 enaltecendo as vantagens do destino – em custo benefício (reforçado pela isenção fiscal), qualidade da gastronomia, variedade cultural e reconhecidos locais com belezas naturais, entre outros destaques – como uma das opções mais acessíveis para viagens internacionais neste momento.

Reconhecimento mundial ao Uruguai

O reconhecimento mundial ao Uruguai é um dos principais fatores para o crescimento turístico ano a ano. O país está em 19o no ranking global de “Democracia, Mercado e Transparência”, que conta com um total de 167 países e é promovido pela fundação CADAL (Centro para Abertura e Desenvolvimento da América Latina). No fim do ano passado, também teve uma boa posição na primeira edição do The Good Country Index – índice de bom país –, conquistando a quinta posição entre os países com melhores níveis de paz e segurança internacional. Já no levantamento da Fundação Instituto Legatum, que abrange 142 países, o Uruguai ficou à frente de todos os países da América Latina – em 30o lugar – e foi destacado pela tolerância e pelo respeito com imigrantes e turistas.
Em 2013 o Uruguai foi eleito pela revista inglesa The Economist como “País do Ano” em função da abordagem e resolução a questões problemáticas como legalização da maconha (primeiro país da América Latina) e casamento gay (segundo país da América Latina). O Uruguai também está entre os dez lugares mais indicados para se viver após a aposentadoria, de acordo com o International Living.

Turismo no Uruguai



O QUE FAZER

A capital Montevidéu, as cidades Colônia, Punta del Este e Piriápolis, além das regiões de termas, são os destinos turísticos do Uruguai mais desejados pelo mundo afora. Com um clima agradável durante todo o ano, o país tem as quatro estações bem definidas, sem temperaturas extremas e nem fenômenos climáticos adversos. Durante a primavera e o outono, por exemplo, com temperatura média de 17o, são períodos ideais para as práticas do ecoturismo e turismo de aventura, assim como para conhecer o estilo de vida das famílias rurais e as tarefas típicas do campo.

No inverno, a região das termas no litoral uruguaio é a grande atração com suas piscinas naturais de água quente. Montevidéu também é um importante destino por conta da sua intensa agenda com cafés e casas noturnas, atividades culturais nos museus e exemplares únicos de arquitetura art decó. Já no Verão, com mais de 1.000 quilômetros de costa litorânea, o Uruguai possui inúmeras opções de formatos de viagens turísticas. Punta del Este e Piriápolis, mundialmente reconhecidas, são as principais cidades do litoral. Os turistas também buscam pelas praias sobre o Rio Uruguay, Rio de la Plata e Oceano Atlântico.

Cultura do vinho

O viajante brasileiro vai ao Uruguai em busca de boa comida e bom vinho. A maior prova disso é que cerca de 75% de todo o fluxo de turistas internacionais nas vinícolas uruguaias vem do Brasil – algo como 15 mil por ano. Do total de 3,2 milhões de litros produzidos por ano no país, 43% são exportados para o Brasil. A uva Tannat, matéria prima principal dos encorpados vinhos do país, são perfeitas para harmonizar com as suculentas carnes assadas nas parrillas – as churrasqueiras uruguaias que têm suas grelhas inclinadas cerca de 30º sobre as brasas.

Com dez anos de atuação, a Wines of Uruguay (www.winesofuruguay.com/#/Bodegas) é uma associação que reúne as melhores vinícolas e promove sempre degustações dentro e fora do país. Uma das principais características das visitas é que o turista, em geral, é recebido pelo dono da bodega ou por alguém da família. Torna a degustação ainda mais especial. Outro atrativo é que a maioria das vinícolas está situada a menos de uma hora da capital Montevidéu.

Gastronomia: único país do Ocidente a produzir caviar

Além da tradicional parrilla, o Uruguai tem se destacado na produção de azeites, castanhas e até de caviar. Já existem tours específicos como o Colinas de Garzón (www.colinasdegarzon.com/pt/) que promove uma imersão no mundo do azeite mais premiado do Uruguai. É possível passear de bicicleta entre as oliveiras, acompanhar todo o processo manual da produção, voar de balão sobre a enorme propriedade e até fazer um picnic embalado pelo som dos gaúchos locais. Garzón, a apenas 64 km de Punta del Este, é hoje um polo de gente bonita, sofisticada e com alto poder aquisitivo.
O Uruguai é o único país do Ocidente a produzir caviar. As “fazendas” estão às margens do Rio Negro. O Black River Caviar (http://www.blackrivercaviar.com.uy/) é a primeira e única empresa a produzir ovas do esturjão no Hemisfério Sul. Localizado na região central do país, às margens do Rio Negro, a produção teve início em meados dos anos 90 logo após o fim da União Soviética, país referência de produção e consumo das ovas. O empresário Walter Alcalde teve acesso aos estudos realizados pelo país socialista que confirmavam que o Uruguai era tinha a melhor região do mundo para a produção de caviar. Desde então sua empresa vem conquistando prêmios e ávidos consumidores das saborosas esferas negras.
Após quatro anos de reformas e mais de US$ 10 milhões investidos, o Mercado Agrícola de Montevidéu (http://www.mam.com.uy/) foi reinaugurado em seu centenário, em 2013. A construção em estilo espanhol, com molduras de arabescos, cerâmicas europeias e vitrais coloridos, tem grande valor arquitetônico e abriga mais de 100 estabelecimentos comerciais. Queijos, carnes, mariscos, frutas, verduras, massas e até cervejas artesanais podem ser degustadas no ambiente que mistura o antigo com o moderno. Há também um pequeno museu e boa programação cultural. 
As companhias Gol e TAM oferecem voos para Montevidéu. Azul e TAM têm frequências semanais para Punta Del Este.

Banner 728x90

Conheça os aeroportos brasileiros que não cobram taxa de embarque dos passageiros

O valor da taxa de embarque é calculado de acordo com a categoria do aeroporto. Os terminais que têm uma infraestrutura melhor o custo do tributo é maior para o passageiro. No Brasil dez aeroportos que possuem voos comerciais não cobram a taxa de embarque. Os passageiros que embarcam desde 31 de maio deste ano no Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte, estão isentos da taxa..


O Aeroporto de Teixeira de Freitas, no Sul da Bahia, que no dia 29 de setembro começa a receber voos da Azul, também não vai cobrar a taxa de embarque. Em Minas Gerais esse tributo não é cobrado de quem embarca em Patos de Minas. O Aeroporto de Rio Verde, em Goiás, também não cobra a taxa de embarque.

Os passageiros de Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, também estão livres da taxa de embarque. O Norte do Brasil é a região que o maior número de aeroportos sem a cobrança da taxa de embarque. O custo do tributo é zero nas cidades de Eirunepé, Lábrea, Tefé e São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas. No Pará a taxa de embarque é isenta nos aeroportos de Tucuruí e Porto  Trombetas.

A taxa de embarque dos voos de São Gonçalo do Amarante aparece nas passagens, mas todos os passageiros estão recebendo os valores pagos. É preciso entrar em contato com a companhia aérea. Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) o tributo só poderá ser cobrado quando a Inframérica, que ganhou a concessão do terminal, concluir as obras. 

Ainda segundo a Anac, a taxa ainda é cobrada pelo fato de não ser possível retirar o tributo apenas do aeroporto do Rio Grande do Norte. Operam em São Gonçalo do 
Amarante as companhias Avianca, Azul, Gol e TAM. Os demais aeroportos 

                      Taxa não pé cobrada em Patos de Minas 

                         Isenção beneficia passageiros da Azul em Eirunepé (AM)
                                           

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com