Parque Oschin, em Monte Verde, terá 75 dias de festa junina

O Distrito de Monte Verde entra definitivamente na onda de focar o seu trabalho de maneira mais abrangente no público familiar. Após a pandemia, os visitantes, que antes eram em sua maioria casais, representando quase 80%, passaram a ser representados por muitas famílias de todo o Brasil.

 

É importante ressaltar que as charmosas pousadas com banheiras de hidromassagem, decorações temáticas e cantinhos românticos ainda são o grande diferencial da estância climática e turística do sul de Minas Gerais. Mas os espaços ao ar livre, fazendas onde pode-se realizar trilhas, passeios de aventura ou simplesmente descansar são os novos cases do momento.

Uma das mais recentes atrações da cidade é o Parque Oschin, que foi inaugurado há menos de 1 ano e meio e tem recebido um grande público. O espaço abriga uma grande floresta preservada de Araucárias e recantos naturais, como lagos, corredeiras, cascatas, cachoeiras, riachos e alguns animais que andam soltos pela enorme propriedade.

 

O Parque Oschin tem no comando Marcela B. Oschin que é a Gestora Comercial, que confirma o sucesso do empreendimento, e diz: “o público que nos visita sai bastante feliz. Hoje, somos uma das poucas alternativas para as crianças”.

 

Alegria! Já está começando a festança. E todo mundo cai na dança. Afinal, é festa junina. Além de divertida e cheia de comidas típicas de dar água na boca, essa celebração é também uma das maiores festas populares do Brasil.

 

Pular fogueira, casamento caipira e quadrilha. As festas juninas são repletas de brincadeiras. Sem falar na decoração, caracterizada por balões e bandeirinhas coloridas, e na simpatia, que não pode faltar. A festa junina é celebrada no Brasil desde o século XVII. De lá para cá, a comemoração foi mudando, até chegar ao que conhecemos hoje.

 

Animação e celebração para esquentar o frio de Monte Verde

 

A partir do próximo dia 29 de maio será inaugurado o Arraiá do Oschin. O parque terá Casa do Jeca ambientada com vaquinha mimosas, galinhas exóticas, porcos, pavões, pacotes, marrecos e bezerrinhos para alegria da criançada. Além do restaurante e da cafeteria, haverá Food Trucks que servirão comidas típicas, como: cachorro quente, pamonha, pipoca, quentão, vinho quente, e outras delícias juninas como uma grande variedade de doces e salgados.

 

Outras atrações que acontecem sempre às 12 horas e 30 minutos são a sapecada do pinhão e o café tropeiro. A fogueira também não pode falar, e os ingressos darão direito ao chapéu de palha para entrar no clima. Além disso, o adulto ganha um quentão e as crianças um algodão doce.

O local tem 45.000 metros quadrados, cercado de muito verde e enorme natureza num ambiente seguro, que segue todos os protocolos exigidos pela Vigilância Sanitária. O Parque Oschin realizará esse evento de 29 de maio a 15 de agosto e tem o apoio institucional da Associação Comercial de Monte Verde.

 

O valor da entrada de segunda a quarta-feira será de R$ 20,00 crianças de 2 a 11 anos e adultos, R$ 40,00. De quinta-feira a domingo, crianças R$ 30,00 até 11 anos, e adultos R$ 50,00. Crianças de até 2 anos estão isentas da taxa.

 

Vale lembrar que o ingresso dá direito a um quentão para os adultos e um algodão doce para as crianças, além de um chapéu de palha junino. As delícias clássicas como milho verde, pamonha e pipoca, a mesa de guloseimas também conta com cachorro-quente, pastel e, em Minas Gerais, o delicioso pão de queijo. Haverá venda de ingressos no site, ou diretamente na portaria.

 

Mais informações: www.parqueoschin.com.br

Fotos: Divulgação

(Visited 29 times, 4 visits today)

local_offerevent_note maio 27, 2021

account_box Claudio Lacerda