Tudo viagem

Confins e Galeão começam a ser administrados pela iniciativa privada a partir desta segunda-feira

O Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim e o Aeroporto Internacional Tancredo Neves serão entregues nesta segunda-feira (11) para a iniciativa privada. O Galeão passa a ser administrado pela Concessionária Aeroporto Rio de Janeiro e Confins pela BH Angiporto. Nesta segunda-feira serão anunciadas as medidas que serão adotadas para melhorar a infra-estrutura dois dois terminais.

Pesquisa de indicadores de desempenho realizada pela Secretaria de Aviação Civil (SAC) mostrou que a nota do Aeroporto Confins caiu de 4,01,  registrado no 2º trimestre de 2013, para 3,93 durante os meses de abril, maio e junho de 2014. A média  nacional é de 3,82 – em uma escala de 1 a 5. Confins ficou em sétimo lugar no ranking dos 15 aeroportos avaliados.
Os passageiros avaliaram quesitos relacionados a acesso, check in, migração, infraestrutura e aduana. Em Confins, o transporte público de acesso ao aeroporto, a integridade das bagagens e a disponibilidade do meio fio (onde os carros param para embarque e desembarque de passageiros) foram os quesitos bem avaliados pelos entrevistados. A limpeza, disponibilidade de banheiro e o conforto acústico do aeroporto foram os itens mais criticados.
O tempo de restituição de bagagem é um ponto de atenção. Em voos nacionais, as malas têm demorado uma média de 18 minutos para chegar à esteira. Nos internacionais, a primeira bagagem chega em 10 minutos, mas a última demora até 58 minutos  — tempo considerado elevado. A duração do embarque nacional dura aproximadamente 25 minutos e, em voos internacionais, 17 minutos, valores inferiores aos de 2013. 
A pesquisa traçou também um perfil do passageiro que passou pelo aeroporto de Confins nos últimos três meses. Ao todo, 228 pessoas foram entrevistadas. Desse total, 68% viajaram dentro 
do Brasil e 32% para o exterior. A movimentação é majoritariamente (70%) por lazer. Segundo a pesquisa, 56% das pessoas estavam viajando sozinhas. A maior fatia dos passageiros que passaram pelo aeroporto tinha entre 25 e 36 anos.
GALEÃO
O Aeroporto do Galeão subiu três posições no ranking dos 15 aeroportos avaliados na pesquisa de satisfação da Secretaria de  Aviação Civil (SAC), passando de 9º colocado, no segundo trimestre de 2013, para 6º colocação, de abril a junho de 2014. A pontuação do aeroporto ficou em 3,99, contra os 3,77 do ano passado, em uma escala de 1 a 5. 
A velocidade da restituição de bagagem, o tempo na fila de imigração e a velocidade na restituição da bagagem pioraram, segundo os passageiros. Das 2.328 pessoas entrevistadas no Galeão, 52% viajaram dentro do Brasil e 48% para o exterior. A movimentação é majoritariamente (76%) por lazer. Segundo a pesquisa, 81% viajaram sozinhos. A maior fatia dos passageiros que passaram pelo aeroporto tinha entre 26 e 35 anos.
(Visited 5 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com