Tudo viagem

MAP Linhas Aéreas pretende lançar voos em cinco cidades do Amazonas abandonadas pela Azul

A MAP Linhas Aéreas,
com sede em Manaus, aguarda autorização da Agência Nacional de
Aviação Civil (Anac) para iniciar operações em cinco cidades do
estado do Amazonas que ficaram neste ano sem voos da Azul. Os
aeroportos dos municípios são São Paulo de Olivença, Fonte Boa,
Santa Isabel do Rio Negro, Barcelos e Humaitá estão com restrições,
motivo de ter perdido os voos comerciais.

O município de São
Paulo de Olivença está localizado a 985 quilômetros de Manaus. A
viagem de barco dura 10 dias no período de cheia dos rios. Com a
estiagem são 12 dias de barco. No mês de maio a Azul divulgou
comunicado informando que estava deixando de operar nestas cidades do
interior do Amazonas por causa de problemas na pista, além dos
dispositivos de segurança necessários para os passageiros.
A MAP possui em sua
frota três turboélices ATR-42 com 45 lugares e dois modelos ATR-72
com 70 assentos. São as mesmas aeronaves usadas pela Azul, porém
modelos mais antigos. A intenção da MAP é lançar voos diretos de
Manaus para as cinco cidades duas vezes por semana, conforme
determinação da Anac. Por causa das restrições, os aeroportos
destes municípios não podem operar diariamente com pousos e
decolagens.
A partir da segunda
semana de julho, em data a ser definida, a MAP pretende lançar voos
de Manaus para Belém com paradas em Parintins, Itaituba, Santarém e
Altamira. Esses voos serão diretos. A mesma empresa já faz a
ligação com os municípios do estado de Lábrea, Carauari,
Parintins.
Serviço
Telefone da MAP:
92-2125-5000

             Aeronave ATR da MAP

(Visited 11 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com