Tudo viagem

Internauta relata experiência de comprar passagens em leilão

 
 
 
 
 
 
*Adriano Souto
 
 
 
Tomei
conhecimento dos leilões de passagens aéreas da Gol através do
site “Tudo de Viagem” que consulto com frequência porque
tem sempre uma dica, uma promoção relâmpago das empresas aéreas.
 
 
No
caso, não encontrava promoção entre Belo Horizonte e Montes Claros
para viajar no próximo réveillon. Além da Gol, a Trip e a Azul
mantêm voos diários entre Montes Claros e BH (Confins e Pampulha).
 
 
O
leilão apareceu na hora certa. O problema era que tinha apenas uma
passagem por voo, o que dificultou viajar com a minha esposa. A
solução foi encontrada no próprio site: viajar em voos diferentes.
 
 
Assim,
minha esposa vai no dia 27/12 e retorna de Montes Claros no dia 17 e
volta no dia 5 de janeiro. Eu vou no dia 28 de dezembro e retorno às
12h50 do dia 3 de janeiro, a tempo de chegar no jornal e ainda
trabalhar.
 
 
O
voo da Gol dura cerca de 35 minutos entre Montes Claros e Belo
Horizonte, de modo que você chega descansado. O tempo maior é no
trajeto de Confins ao centro da capital mineira.
 

Voltando
ao leilão, o preço mínimo da passagem era R$ 94,00. Ofereci R$
95,00 por cada um dos quatro trechos e arrematei todos eles. Parece
que não teve outro interessado.

Após
sair o resultado do leilão, tive que fazer um depósito na conta do
proprietário da Milan Express, o que é um complicador: só pode ser
feito no Itaú e não tenho conta naquele banco. Como tem de pagar
uma comissão ao leiloeiro e a taxa de embarque, o valor total saiu
com centavos e não tem como depositar centavos no envelope do caixa
eletrônico.
 
 
Achei
uma falha. Deveria ter a opção de pagar pelo cartão de crédito,
como se faz quando se compra uma passagem aérea. Feito o depósito,
tive que escanear o recibo e enviar por e-mail para a firma de leilão
para confirmar o pagamento.

Outra
burocracia que pode ser agilizada de maneira mais moderna. O
leiloeiro te enviar um e-mail confirmando que recebeu o recibo do
pagamento e informa que em cinco dias úteis outro e-mail irá
informar o código da reserva dos voos arrematados, com os quais se
retira a passagem no guichê do check in da Gol.

Não
foi o que aconteceu. Ao cabo dos cinco dias úteis, telefonei para o
leiloeiro em São Paulo e a informação foi que os cinco dias úteis
que constavam no e-mail automático era só para constar. Na
realidade, dependia de a Gol enviar a reserva.

Tive
que esperar duas semanas para receber a confirmação da reserva, o
que me levou, em princípio, a desconfiar do esquema. Até o momento,
portanto, vi falhas no pagamento, a da confirmação do pagamento, a
do e-mail recebido informando que a reserva sai em cinco dias úteis
e na demora da burocracia entre a Gol e o leiloeiro para confirmar as
reservas.


Vamos
ver o que acontece no momento em que for a Confins pegar a aeronave.
Na volta, após o réveillon, conto tudo
para vocês. Feliz 2013.
*editor
de Brasil do jornal Hoje em Dia
(Visited 1 times, 1 visits today)

One thought on “Internauta relata experiência de comprar passagens em leilão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com