Tudo viagem

2012 foi marcado pelas fusões e pelo fim da Webjet e Pluna

A Pluna encerrou operações em julho de 2012
 
 
 
Celso Martins
 
 
O fim da marca da
Webjet foi o pior acontecimento de 2012 para as pessoas que viajam de
avião ou para quem pensava usar este meio de transporte. Na
realidade, a Gol comprou o fim da concorrência. Nos últimos anos a
Webjet era a companhia mais pontual do Brasil , e oferecia, sem
dúvida nenhuma, as melhores tarifas do mercado.
 
Para os mineiros a
notícia ruim veio da Avianca. A companhia cancelou voos diretos de
Confins para Guarulhos, Congonhas, Santos Dumont e Galeão. As
autorizações de pouso e decolagem (slots) no Rio de Janeiro e São
Paulo foram usadas pela Avianca para reforçar as operações na
ponte aérea. Atualmente a Avianca só tem voo a partir de Confins
para Brasília.
 
 
A fusão da Azul com a
Trip também é outro fato negativo para os consumidores. Tudo indica
que não haverá demissão de funcionários, ao contrário que a Gol
fez com o pessoal da Webjet, 900 trabalhadores perderam o emprego.
 
 
 
 
Um dos pontos negativos
para os mineiros é o fato de Azul/Trip ser a única a operar na
maioria das cidades mineiras. Vamos torcer para a Passaredo conseguir
sua estabilidade financeira, e consequentemente mais aviões, o que
lhe permitiria lançar voos em Ipatinga, Montes Claros, Uberlândia,
cidades que estão nos planos da companhia que tem sede em Ribeirão
Preto (SP).
 
 
A Passaredo opera
atualmente com os aviões turboélices ATR, mesmo modelo usado pela
Trip/Azul. Essas aeronaves permitem pousos e decolagens em pistas
menores, ideal para operações no interior do Estado.
 
 
O ano de 2012 foi
marcado ainda pelo fim da Pluna, do Uruguai, em julho de 2012, e pela
aprovação das autoridades chilenas e brasileiras da fusão da Lan
com a TAM, dando origem a empresa Latam. O que tem de ruim neste
acordo? Entre o Brasil e Chile somente estas duas empresas têm voo.
Em outubro a Gol cancelou seu voo para Santiago.

Em 2012 o Governo
Federal privatizou os aeroportos de Campinas, Brasília e Guarulhos,
lançamento de lanchonetes populares em alguns aeroportos, aumento em
das multas para as companhias aéreas, e intensificação das obras
em Confins.

A TAM acabou com o
sistema de compra coletivas e a Gol aumentou as ofertas de passagens
vendidas no leilão realizado em parceria com a Milan, empresa de São
Paulo. A Gol acabou como servido de bordo, e começou a vender seus
lanchinhos, como fazia a Webjet.
 
Fusão deu origem a Latam, maior empresas da América Latina
 
As empresas TAM, Gol,
Azul e Trip criaram A Associação das Empresas Aéreas (Abear). A
entidade tem como uma de suas prioridades lutar para a redução da
carga tributária e das taxas cobradas pelos governos que encarem os
custos das companhias.
 
Uma das primeiras
conquistas da Abear foi a decisão do Governo Federal de voltar com o
subsídio no custo das passagens dos voos regionais e investimentos
nos aeroportos, principalmente os localizados no interior do Brasil.
(Visited 8 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com