Vale suspende trem de passageiros Vitória/Minas para barrar o coronavírus

Segundo a Vale, a suspensão é para  contribuir com as ações de contenção à pandemia do COVID-19, o coronavírus.

A Vale suspendeu a circulação do trem de passageiros que faz a ligação de Minas Gerais ao estado do Espírito Santo. Na terça-feira (24/03) o trem que parte de Belo Horizonte e vai até Vitória não circulou, bem como o que sai da capital capixaba. O trem de passageiros Vitória/Minas é o único com operação diária no Brasil e que faz a ligação de dois estados.

O trem Vitória/Minas transporta cerca de três mil pessoas por dia. Entre as cidades prejudicadas com a suspensão estão Ipatinga, João Monlevade, Nova Era, Ipatinga, Governador Valadares e Aimorés.

O trem de de passageiros da Estrada de Ferro Carajás (EFC) também suspendeu as operações. Segundo a Vale, a suspensão é para  contribuir com as ações de contenção à pandemia do COVID-19 (coronavírus).

A Vale também reforçou a higienização dos vagões e limitou a taxa de ocupação. O trem de passageiros que faz a ligação de Itabira a Nova Era também foi suspenso. terá as viagens suspensas.

A Vale informou que está contato com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), órgão federal responsável por regular e fiscalizar a concessão ferroviária para avaliar quando o trem voltará a circular.

Suspensão trem Ouro Preto/Mariana

No dia 14 de março a Vale suspendeu os passeios do Trem da Vale que liga as cidades de Ouro Preto e Mariana.  Os passageiros que tiveram a viagem cancelada têm a opção de pedir o reembolso do bilhete, no prazo de até 30 dias, ou a remarcação da passagem, sem custo adicional, no prazo de um ano.

Os passageiros que tiverem suas viagens canceladas poderão solicitar o reembolso do bilhete, sem custo adicional. Mais informações podem ser obtidas por meio do canal de atendimento Alô Ferrovias (0800 285 7000).

Passagens do trem Vale poderão ser parceladas em cinco vezes sem juros

Os apaixonados pelas
viagens do trem que faz a ligação os estados de Minas Gerais e do
Espírito Santo agora poderão parcelar em até cinco vezes sem juros
o valor das passagens. O parcelamento vale para compras a partir
desta terça-feira (5 de maio). O parcelamento poderá ser feito em
até cinco vezes nas transações feitas pela internet
(www.vale.com/tremdepassageiros), e em até três vezes se a
aquisição dos bilhetes for feita nas bilheterias, ou nos pontos de
venda ao longo da ferrovia Vitória a Minas.

As parcelas mínimas
deverão ser de R$ 20. O preço dos bilhetes para o trecho completo é
R$ 95 para a classe executiva e R$ 62 para a classe econômica. Para
evitar qualquer transtorno na programação da viagem, a Vale
recomenda a compra antecipada dos bilhetes, que pode ser feita até
60 dias antes da data programada para o passeio.

Os passageiros podem
adquirir os bilhetes antecipadamente nas estações e pontos de venda
disponíveis ao longo da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM), ou
no próprio site do Trem de Passageiros
(www.vale.com/tremdepassageiros).

Lançado em agosto do
ano passado, o novo trem de Passageiros da Estrada de Ferro Vitória
a Minas (EFVM) transportou cerca de 400 mil pessoas desde o início
de sua operação, em agosto passado, até março deste ano. O
percurso completo do trem de passageiros tem 664km, atendendo 42
municípios mineiros e capixabas.

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com