Parque do Ibitipoca volta a receber 1 mil pessoas por dia após acordo com o Ministério Público

A visitação era limitada para garantir a preservação da área de 1.488 hectares e seus ecossistemas, além de proporcionar maior segurança às pessoas que visitam o local.

O Parque Estadual do Ibitipoca, localizado entre Lima Duarte e Santa Rita do Ibitipoca, na Zona da Mata, voltou a receber desde sábado (13/07) mil visitantes por dia. O número estava limitado a 600 pessoas desde maio de 2018. O aumento é resultado de um acordo firmado entre o Instituto Estadual de Florestas (IEF) e o Ministério Público Estadual (MP), autor da limitação.

Segundo o Ministério Público, a visitação era limitada para garantir a preservação da área de 1.488 hectares e seus ecossistemas, além de proporcionar maior segurança às pessoas que visitam o local. Após um intenso trabalho de conservação das trilhas e de manejo da unidade de conservação, foi possível definir junto ao MP um novo limite para visitação.

Recentemente foram definidas medidas como um novo sistema de controle de acessos e fluxos nos atrativos do parque, limitando, por exemplo, o Circuito da Janela do Céu em 240 visitantes diários. O Parque Estadual do Ibitipoca é um dos mais visitados em Minas Gerais.

os números indicam que no período de 2011 a 2018, o Parque do Ibitipoca recebeu um total de 619.792 visitantes, o que significa uma média de 77 mil visitantes anualmente. O parque já recebeu 43.987 visitantes em 2019.

Os principais atrativos são a Ponte de Pedra, a Janela do Céu, a Gruta dos Três Arcos e o Pico do Pião. O parque abriga mirantes, grutas, praias, picos e as belas cachoeiras e piscinas naturais formadas pelos rios do Salto e Vermelho e o Córrego do Monjolinho. O Pico da Lombada, também conhecido como Ibitipoca, com 1.784 metros de altitude, oferece uma vista de todas as belezas naturais da região.

Frase…

“O MP reconheceu que é possível fazer a alteração. O parque continuará sendo monitorado e, em 120 dias, será feita nova avaliação, podendo ser que esse número seja estendido ainda mais. Isso demonstra os trabalhos de gestão que têm sido realizados na unidade de conservação e que proporcionaram esse acordo tão importante para a população”

Antônio Malard- diretor-geral do IEF

 

Pretende comprar passagens aéreas? Garanta aqui descontos especiais

Palácio do Alvorada será reaberto para visitação pública

 
As visitas acontecem às quartas-feiras, das 14h30 às 16h50. Os grupos são acompanhados por um profissional de relações públicas e por um tradutor para o Inglês.

 

Brasília é um dos destinos nacionais com grande ofertas de passagens aéreas e de hotel barato. E ao contrário das outras cidades, janeiro é o melhor período para você viajar. A hospedagem sai mais em conta em função do recesso do Congresso Nacional que deixa a cidade mais vazia. Uma das opções de passeio é o Palácio da Alvorada, residência oficial dos Presidentes da República, que reabrirá para visitação pública a partir do dia 10 de Janeiro.

Projetado por Oscar Niemeyer, o Palácio é uma das mais importantes obras da arquitetura brasileira. Foi o primeiro prédio em alvenaria construído em Brasília. Além das obras de arte, os visitantes podem conhecer e fotografar a capela, o salão de estado, a sala de música, o salão de banquetes e os jardins.

As visitas acontecem às quartas-feiras, das 14h30 às 16h50. Os grupos são acompanhados por um profissional de relações públicas e por um tradutor para o Inglês. Em casos excepcionais, os roteiros podem ser alterados e as visitas interrompidas ou suspensas, inclusive por motivo de chuva, sem aviso prévio. O link para agendamento está disponível no Portal do Planalto, endereço: www2.planalto.gov.br. A entrada é gratuita

O Palácio tem configuração horizontal arrematada por uma capela que remete às antigas casas de fazenda do Brasil colonial. O formato diferenciado das colunas externas lembram as redes estendidas em varandas, como as que contornavam os casarões coloniais. O desenho das colunas deu origem ao símbolo e emblema presente no brasão do Distrito Federal. Para participar é preciso fazer o agendamento pela internet.

E quem for a Brasília não pode deixar de fazer um passeio de barco pelo lago Paranoá. A embarcação passa pela ponte Juscelino Kubitschek, também conhecida como Ponte JK ou Terceira Ponte. Lembrando que a maior oferta de hoteis em Brasília você encontra no setor hoteleiro.

 

 

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com