Tudo viagem

Mercado Central de BH reabrirá dia 18 de maio com controle do público

Das 400 lojas do Mercado Central, 18 onde funcionam bares e restaurantes continuam fechadas.

O Mercado Central de Belo Horizonte, um dos principais pontos turísticos da capital mineira, vai reabrir as portas na próxima segunda-feira (18/05). Serão limitados apenas 370 clientes simultaneamente. O controle de público é para evitar casos do coronavírus. Atualmente apenas 90 das 400 lojas estão autorizadas pela Prefeitura de Belo Horizonte a funcionar.

Das 400 lojas do Mercado Central, 18 onde funcionam bares e restaurantes continuam fechadas. Toda as portarias terão álcool gel para o público e funcionários. Quem não estiver usando máscaras não poderá entrar no Mercado Central.

Os visitantes vão receber uma placa com um número. Das oito portarias do Mercado Central, quatro serão reabertas. No dia 18 de março deste ano, quando começaram a valer as restrições do comércio em Belo Horizonte, somente estabelecimentos como farmácias, lojas de alimentos e utilidades domésticas foram autorizadas a funcionar.

Com público de 4,8 milhões, Belo Horizonte se prepara para o maior Carnaval de sua história

O Mercado Central, um dos pontos turísticos mais visitados pelos turistas em Belo Horizonte, já se preparou para receber os foliões.

Com público estimado em 4,8 milhões, 20% a mais que o ano passado, Belo Horizonte se prepara para o maior Carnaval de sua história. Segundo a Prefeitura de Belo Horizonte, em 2018 foram cerca de quatro milhões de foliões curtindo os 420 desfiles de blocos de rua na cidade e, este ano, a Belotur tem expectativa de crescimento público de 20%, com estimativa de 4,8 milhões. O evento deste ano já conta com 590 blocos de rua cadastrados, que farão cerca de 700 desfiles no período oficial do Carnaval de Belo Horizonte. Isso significa aumento de 40% de blocos nas ruas da cidade, durante a festa.

A regional Centro-Sul tem a maior concentração de blocos cadastrados com 36% deles, seguida pelas regionais Leste, com 17%, e Noroeste, com 14%. As regionais Nordeste, Pampulha e Norte concentram 9% , 8% e 6% respectivamente. E, por fim, Barreiro e Venda Nova têm 2% dos blocos cadastrados cada.

Entre os blocos afros já estão confirmadas as participações do Afoxé Bandarerê, Afro Magia Negra, Afrodum, Thirey Afoxé Ilê Odara. Se for rock and roll, os destaques são a Alcova Libertina e o Bloco dos Camisa Preta. Se for jazz, o Magnólia, o Sou Jazz Bloco, o Bloco Fúnebre. Carimbó? Temos o Bloco da Fofoca. Se a ideia é pular Carnaval com seu cachorro, temos o Blocão.

Alguns blocos do Carnaval de Belo Horizonte nasceram para homenagear artistas famosos. O Ziriguidum Stardust, por exemplo, reúne sua bateria para executar os clássicos do pop star David Bowie. Chama o Síndico embala sucessos de Tim Maia e Jorge Ben. Tem o Toca Raul, que homenageia Raul Seixas. Filhos de Clara revive Clara Nunes.

MERCADO CENTRAL

Um dos locais mais visitados pelos turistas que viajam para Belo Horizonte é o Mercado Central. Os viajantes se encantam com os temperos, aromas, sabores, crenças, cores: todas as características mais marcantes da cultura mineira dão charme e muita personalidade ao mercado mais querido de Belo Horizonte.

O Mercado Central é há nove décadas ponto turístico para quem vem de fora e ponto de encontro para quem vive na cidade. Nesse tempo, deliciosos pratos da comida típica, diferentes formas de religiosidade, toda a criatividade e delicadeza do artesanato e muitos outros preciosos traços da cultura popular mineira fazem do Mercado Central um espaço único, que une tradição e contemporaneidade e encanta por sua singularidade.

O mercado possui mais de 400 lojas, oferece serviço de informações bilíngue, atrai todos os dias milhares de visitantes de todos os lugares do Brasil e do mundo e, em seus corredores, guarda grandes memórias e muitas histórias para contar. Para esse Carnaval, o Mercado Central se preparou para receber os foliões com reforço na segurança e nas equipes de limpeza.

ENDEREÇO:
Avenida Augusto de Lima, 744, Centro, Belo Horizonte
Telefones: 31 -3274.9497 / 31 3274.9434

ACESSE AQUI O SITE DO MERCADO CENTRAL

QUER VIAJAR PARA BELO HORIZONTE?  GARANTA AQUI DESCONTOS ESPECIAIS

GARANTA AQUI HOSPEDAGEM COM DESCONTO 

Belo Horizonte vai ganhar mais um mercado central com 150 lojas

O novo mercado fica a poucos metros do Aeroporto da Pampulha que a partir de janeiro de 2018 terá voos operados por jatos.

A partir de abril de 2018 Belo Horizonte vai ganhar o Mercado Central do Mineirinho, na Pampulha. Com investimentos de cerca de R$ 6 milhões o novo mercado vai ocupar uma área de 7.000 metros quadrados, com 150 lojas, com estacionamento privativo, amplo espaço gourmet, área de convivência e espaço kids.

A construção do mercado no principal ponto turístico da cidade foi anunciada nesta terça-feira (12/12), quando Belo Horizonte completou 120 anos de fundação. A região da Pampulha vem se consolidando com grande oferta de hoteis em promoção e boa qualidade. O mercado terá produtos tradicionais e típicos da culinária mineira, temperos e especiarias, frutas, queijos, doces, cachaças, casa de carnes, peixaria, entre outros.

O Estádio Jornalista Felipe Drummond, mais conhecido como Mineirinho, foi inaugurado em 1980. O espaço vem sendo subutilizado ao longo de seus 37 anos. Com o novo projeto, o local será aproveitado de forma definitiva, como espaço de lazer, artes e gastronomia.

O novo mercado fica a poucos metros do Aeroporto da Pampulha que a partir de janeiro de 2018 terá voos operados por jatos. Já é possível encontrar passagens baratas nos voos partindo e chegando da capital mineira.

FRASE…..

A intenção é transformar o espaço em uma nova área de gastronomia, lazer e de turismo para a cidade. A mesma dinâmica dos outros mercados, um projeto de extremo bom gosto, acessível a todos os públicos”

Dennison de Souza Coelho- Superintendente do Mercado Central do Mineirinho

 

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com