Tudo viagem

Serra Talhada e Caruaru terão voos da Azul Conecta em novembro

Com mais operações para mais cidades, o Recife se consolida como o aeroporto que concentra a maior operação em todo o Nordeste.

A partir de 11 de novembro a Azul Conecta, companhia de voos regionais da Azul, terá voos de Recife para Serra Talhada e Caruaru, em  Pernambuco. Localizadas no Sertão e no Agreste do estado, será a primeira vez essas cidades terão voos comerciais. Serão dois voos diários nestas duas cidades para a capital pernambucana.

A Azul informou que está vendendo passagens por valores promocionais. Por R$ 323,90  para Serra Talhada, e R$194,80 para Caruaru, valores por trecho e com taxas incluídas. A Azul Conecta, a antiga TwoFlex, usa em suas rotas regionais os aviões Cessna Gran Caravan com nove assentos. Com os novos voos, Pernambuco passará a ser o estado que usa todas as aeronaves da frota da Azul.

Cessna Gran Caravan com nove assentos (foto: divulgação Azul)

Recife terá 46 voos diários para 22 destinos a partir de novembro. As  nova bases em Pernambuco vão ampliar a malha de destinos da Azul, que passará a ter 94 destinos atendidos no Brasil e no exterior.  Além do uso obrigatório de máscaras, as novas operações também seguirão os rígidos protocolos sanitários adotados pela Azul desde o início da pandemia do novo coronavírus.

Azul a recuperar 100% da capacidade em Recife

A Azul informou que Recife será o primeiro centro de conexões de voos (HUB)) a recuperar 100% da capacidade operada no período pré-pandemia.  Estão previstos para janeiro de 2021 75 decolagens em dia pico para 31 destinos no país.

Com mais operações para mais cidades, o Recife se consolida como o aeroporto que concentra a maior operação de uma companhia aérea em todo o Nordeste. A Azul anunciou novos voos para Recife. Entre as novidades estão frequências sem escalas para Uberlândia, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e Goiânia que serão iniciados em dezembro.

Também em dezembro a Azul iniciará regularmente a operação do maior voo doméstico do país, de Recife para Porto Alegre, com duração de 4h20. Entre as duas capitais a Azul usará  o Airbus A320neo que transporta até 174 pessoas.

As frequências diretas e regulares entre Recife-Palmas, Recife-Vitória e Recife-Cuiabá começam em janeiro de 2021 e vão reforçar o hub pernambucano como ponto focal de conexões e mais opções de voos e destinos. Com nove cidades a mais conectadas ao Recife a partir de dezembro, a capital de Pernambuco terá a maior alta temporada de verão de sua história.

Confira os detalhes dos novos voos

Recife-Serra Talhada: início em 11 de novembro com dois voos diários;

Recife-Caruaru: início em 11 de novembro com dois voos diários;

Recife-Porto Alegre: início em 09 de dezembro com um voo diário;

Recife-São José do Rio Preto: início em 12 de dezembro com um voo semanal;

Recife-Goiânia: início em 16 de dezembro com um voo diário;

Recife-Uberlândia: início em 19 de dezembro com um voo semanal;

Recife-Ribeirão Preto: início em 19 de dezembro com um voo semanal;

Recife-Vitória: início em 01 de janeiro com um voo diário;

Recife-Palmas: início em 01 de janeiro com quatro voos semanais;

Recife-Cuiabá: início em 02 de janeiro com três voos semanais

Confira os horários dos voos da Azul Conecta em Serra Talhada e Caruaru

Pretende viajar? Garanta aqui passagens aéreas com descontos especiais

 

Azul Conecta amplia voos em Belém; saiba tudo sobre a nova companhia

Conheça os novos gerentes contratados pela Nella Linhas Aéreas

Os gerentes serão estratégicos no processo de certificação da Nella Linhas Aéreas na Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Depois de contratar  Bruno Dyin Mabe Ogawa, mais conhecido como Dyin Mabe, para o cargo de vice presidente Operacional da Nella Linhas Aéreas, a companhia apresentou nesta quarta-feira (24/09) nomes de dois gerentes que serão estratégicos no processo de certificação da empresa na Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

O nome do titular do Gerente Geral do Centro de Controle Operacional será divulgado nos próximos dias. A base operacional da Nella Airlines será em Brasília. Os voos da companhia vão atender destinos regionais. A Nella Airlines terá quatro modelos ATR-42 com 45 assentos.

 

Confira abaixo os nomes dos gerentes

Marcelo Victorino  foi escolhido para ser de Gerente de Operações.  Piloto, com quase 15 mil horas de voo, ele é formado em Administração de Empresas pela Universidade Anhembi-Morumbi, específico para empresas aéreas, com extensão em Recursos Humanos pela FGV-SP, é pós- graduado em Gestão e Direito Aeronáutico pela Universidade do Sul de Santa Catarina e está concluindo a segunda pós- graduação em Segurança de voo.

É também elemento credenciado em segurança de voo pelo CENIPA e possuí formação em Sistema de Gerenciamento de Segurança Operacional-SGSO. Iniciou a sua carreira na aviação profissional aos 19 anos, exercendo a função de instrutor de voo, e aos 22 ingressou em sua primeira empresa aérea.

Com 35 anos de aviação, sendo que 30 anos na aviação comercial, Marcelo além de ser Comandante das aeronaves nas empresas onde voou, exerceu as funções de Instrutor e Examinador, Piloto Chefe de Equipamento, Piloto de Apoio Operacional, Gestor do Sistema de Monitoramento de Dados de Voo (FDM-FOQA) e Analista de Safety.

A Diretoria de operações cuidará das obrigações da empresa perante a ANAC, de toda a equipe de tripulantes técnicos e comissários, despacho de voos e treinamentos de operações.

Manutenção

Alexandre Fontes foi escolhido para ser o Gerente de Geral de Manutenção. Ele é técnico em manutenção de aeronaves, graduado em Engenharia Eletrônica, possui MBA em Gerenciamento de Projetos e Gestão de Negócios e é graduando em Engenharia Civil.  Gerente Geral de Manutenção

Possui 25 anos de uma carreira ascendente na aviação brasileira, tendo estagiado na Transbrasil, atuado pouco mais de 6 anos na VASP como técnico em manutenção de aeronaves, e 17 anos na Gol, onde ocupou posições como Gerente de Frotas e Gerente de Engenharia.

Possui experiência com MCC, Manutenção de Linha, Engenharia, Reparos de Componentes, desenvolvimento de novos projetos e a entrada em serviço de aeronaves na frota. Atua com o objetivo de desenvolver equipes de alta performance que aliam juventude com experiência na busca da colaboração entre as pessoas.

Alexandre Fontes a partir deste momento se junta ao time da Nella com o desafio de criar e desenvolver a estrutura de manutenção, suprimentos e frotas.

Nella abre vagas, contrata gestor da Gol e planeja voar em janeiro

Pretende viajar? Garanta aqui passagens aéreas com descontos especiais

VoePass retira a cidade de Uberaba da sua lista de destinos

Até março deste ano a VoePass oferecia um voo diário de Uberaba para o Aeroporto de Congonhas, localizado no centro de São Paulo.

A VoePass, antiga Passaredo, retirou a cidade de Uberaba (MG) da lista de destinos. Os voos na cidade estão estão suspensos desde março deste ano em função da pandemia do coronavírus. Uberaba aparecia no site da companhia entre as cidades que teriam voos da VoePass a partir dos próximos meses, mas neste final de semana o nome da cidade foi retirado.

Até março deste ano a VoePass oferecia um voo diário indo e voltando de Uberaba para o Aeroporto de Congonhas, localizado no centro de São Paulo. A Azul oferecia voos sem escalas de Uberaba para o Aeroporto de Internacional de Belo Horizonte, localizado em Confins. Os voos da Azul também foram suspensos em março deste ano.

ATR-72 da VoePass com 70 passageiros 

A cidade de Uberlândia é a única que tem voos da VoePass em Minas Gerais. A companhia oferece voos sem escalas para Ribeirão Preto e Brasília.

No dia 1° setembro deste ano a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) retirou seis slots (autorizações de pousos e decolagens) da VoePass em Congonhas. A companhia não informou o motivo de ter retirado Uberaba de sua malha.

Os slots foram retirados em função de a MAP Linhas Aéreas, companhia comprada pela VoePass, não ter cumprido índice de regularidade em Congonhas exigido pela ANAC. Leia reportagem completa aqui.

ANAC retira seis slots da VoePass em Congonhas

 

Pretende viajar? Garanta aqui passagens aéreas com descontos especiais

Azul Conecta amplia voos em Belém; saiba tudo sobre a nova companhia

Os monomotores da nova companhia já voaram 3256 horas entre maio e junho, o que corresponde a 55 horas de voo por dia da frota que está em operação.

A Azul Conecta, nova companhia aérea de voos regionais, terá novos voos para o interior do estado do Pará. As rotas Belém-Breves e Belém-Monte Dourado passam a contar, a partir de 25 de agosto, com sete operações semanais a bordo das aeronaves modelo Cessna Gran Caravan, que podem transportar até 9 pessoas.

A Azul Conecta atende 36 cidades do país, principalmente nas regiões Norte, Centro-Oeste e Nordeste. Subsidiária da companhia da Azul, a companhia fruto da aquisição da TwoFlex. A Azul Conecta tem como objetivo desenvolver a aviação sub-regional no Brasil, ou seja, alimentar as demais rotas da Azul nos grandes centros urbanos. (Veja abaixo todas as cidades com voos da Azul Conecta).

Dos 17 aviões, três são exclusivamente cargueiros e vão contribuir para a expansão da Azul Cargo Express, a unidade de cargas da Azul, que pode levar cargas a cidades que não são atendidas por voos regulares da empresa.

Serviço de bordo

O serviço de bordo é gratuito. A Azul Conecta serve água e snacks, que são colocadas no bolsão das poltronas dos clientes. A tripulação é formada por um piloto e um sub-piloto. Cada passageiro pode levar gratuitamente uma bala de mão com peso no máximo de 10 quilos. Os bancos da aeronave são de couro e o espaço permite que você até cruze as pernas.

O Cessna 208 “Caravan” é uma aeronave monomotor turboélice, de asa alta e construção convencional metálica, desenvolvida e fabricada nos Estados Unidos pela Cessna Aircraft. Os monomotores da Azul Conecta já voaram 3256 horas entre maio e junho, o que corresponde a 55 horas de voo por dia da frota que está em operação.

Confira detalhes sobre a aeronave usada pela Azul Conecta

Origem: Estados Unidos

Comprimento: 12,68 m

Envergadura: 15,88 m

Altura: 4,72 m

Peso da aeronave: 1,7 a 2,2 toneladas

Velocidade de cruzeiro: 341 km/h

Peso máximo decolagem/pouso: 3,9/3,8 toneladas

Capacidade de combustível: 1,2 mil litros

Motor: Pratt & Whitney PT6A-114A (Cessna 208B 67

Velocidade máxima: 359 km/h

Pista mínima para decolagem: 0,7 km

Passageiros: 1 a 09

Primeiro voo: 1982

Entregues: Grand Caravan: 1295

Alcance: 1698 km ou .5 horas de voo.

Confira os detalhes dos voos Azul Conecta em Belém

Destinos atendidos pela Azul Coneta

Campinas
Marília
Manaus
Lábrea
Coari
Santarém
Monte dourado
Altamira
Óbidos
Oriximiná
Porto trombetas
Itaituba
Belém
Monte alegre
Almeirim
Breves
Porto de Moz
Parintins
Maués
Cuiabá
São felix do Araguaia
Juína
Tangará da Serra

Retomada dos voos em Carajás

A partir de 1° de setembro a Azul vai retomar as operações em Carajás com voos para Belém operados às terças e quintas-feiras. Nesta rota a Azul vai usar os jatos da Embraer 195 que transportam até 118 passageiros. Antes da pandemia do coronavírus os voos da Azul partindo de Carajás eram diretos para o Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte.

Em 2 de setembro a Azul vai retomar as operações em Imperatriz (MA) com quatro voos semanais, às segundas, quartas, sextas e domingos, com aeronaves modelo ATR 72-600, com capacidade para até 70 pessoas.

Confira os horários dos voos de Carajás e Imperatriz

Pretende viajar? Escolha aqui o seu destino e garanta passagens aéreas com descontos especiais

As fotos deste post são de Luis Alberto Neves e foram cedidas pela assessoria de imprensa da Azul.

VoePass vai retomar voos em Porto Seguro, Uberlândia e mais 13 destinos

Em  30 de agosto a VoePass iniciará operações em parceria com a Gol nas cidades de Salvador, Vitória da Conquista, Porto Seguro, Ilhéus no estado da Bahia.

A VoePass vai retomar voos a partir de 6 de setembro nas cidades de Goiânia (GO) Ponta Grossa (PR), e Três Lagoas/MS, além das rotas de Ribeirão Preto (SP) para Brasília e Uberlândia (MG). A companhia está operando atualmente em 21 cidades.

Em  30 de agosto a VoePass iniciará operações em parceria com a Gol nas cidades de Salvador, Vitória da Conquista, Porto Seguro, Ilhéus no estado da Bahia;  além de Petrolina (PE), Aracaju (SE), Maceió (AL) Rondonópolis e Sorriso,  no Mato Grosso.

A VoePass decidiu concentrar os voos que partem de Ribeirão Preto, sua principal base, para o Aeroporto de Congonhas. Os passagens dos voos de Ribeirão Preto para Guarulhos não estão disponíveis no site da companhia. As cidades de  Três Lagoas e São Paulo e Ponta Grossa também terão voos para o aeroporto de Congonhas a partir de 6 de setembro.

As cidades com voos da VoePass são Ribeirão Preto, São Paulo (Congonhas) e Guarulhos, Araçatuba e São José do Rio Preto, em São Paulo; Rio de Janeiro (SDU); Dourados/MS, Rio Verde/GO, Brasília/DF, Araguaína/TO, Barreiras/BA e também, com voos para 10 destinos na região norte do Brasil.

Frase…

“Com este retorno chegaremos a 33 destinos, significando 70% das localidades atendidas antes da paralisação. Ainda estamos longe de chegar na produção pré-pandemia, pois as operações são realizadas com frequências reduzidas, mas estamos trabalhando para incentivar o tráfego aéreo e o retorno da atividade produtiva. Um de nossos principais papéis é desenvolver e expandir as operações regionais que são de extrema importância e essenciais para o desenvolvimento do país”;

José Luiz Felício Filho, Presidente da VoePass

Horários e dias das novas operações:

Ribeirão Preto – Goiânia: segundas, quartas e sextas às 11h; aos domingos às 14h. Saída de Goiânia para Ribeirão Preto: às 16h aos domingos e segundas, quartas e sextas-feiras.

Ribeirão Preto – Brasília (com escala em Uberlândia): segundas, terças e sextas-feiras às 6h20. A rota contrária acontece às 20h55 aos domingos e segundas, quintas e sextas-feiras.

Ribeirão Preto – Uberlândia (com escala em Brasília): segundas, quartas, sextas-feiras e aos domingos às 17h. O voo de volta tem opções nas segundas, quartas e sextas-feiras às 17h50.

Brasília – Uberlândia: segundas, quartas e sextas-feiras às 09h40, com retorno para a capital às 17h50 nos mesmos dias e também aos domingos.

Congonhas (SP) – Três Lagoas: às terças-feiras às 9h40 com retorno às 11h05. Quintas-feiras às 10h30 com viagem de volta às 12h.

Congonhas (SP) – Ponta Grossa: às terças e quintas-feiras às 15h30. Rota contrária às 17h30.

Pretende viajar? Garanta aqui passagens aéreas com descontos especiais

Conheça as cidades atendidas pela Azul Conecta; veja fotos dos aviões

A Azul poderá usar os 14 slots  que eram da TwoFlex na pista auxiliar do Aeroporto de Congonhas, localizado em no centro de São Paulo,

As aeronaves da Azul Conecta, a nova empresa de voos regionais criadas pela Azul, foram apresentadas nesta terça-feira (11/08) no Aeroporto de Jundiaí (SP). Com uma frota composta por 17 aeronaves, a nova empresa pretende atender 36 destinos no Brasil.  Os aviões são o modelo Cesna Gran Caravan, um turboélice regional monomotor com capacidade para até nove assentos.

Os aviões da Azul Conecta pertenciam a TwoFlex, companhia comprada pela Azul.  No evento de lançamento da nova marca foram apresentados dois modelos: um para o transporte de passageiros e outro de transporte de cargas.

 

A Azul poderá usar os 14 slots  que eram da TwoFlex na pista auxiliar do Aeroporto de Congonhas, localizado em no centro de São Paulo, A TwoFlex chegou a lançar voos de Congonhas para Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, mas essas rotas foram suspensas em março deste ano, quando começaram a surgir os casos de coronavírus.

Atualmente os estados com maior número de voos operados pela Azul Conecta são o Amazonas e Pará. Nos próximos dias novas rotas serão divulgadas pela Azul.

Confira as rotas atendidas pela Azul Conecta

Campinas
Marília
Manaus
Lábrea
Coari
Santarém
Monte dourado
Altamira
Óbidos
Oriximiná
Porto trombetas
Itaituba
Belém
Monte alegre
Almeirim
Breves
Porto de moz
Parintins
Maués
Cuiabá
São felix do Araguaia
Juína
Tangará da Serra

Fotos cedidas pela assessoria de imprensa da Azul

Pretende viajar? Garanta aqui voos baratos

Gol vai retomar voos em Montes Claros e mais 8 cidades; veja quais

As passagens dos voos diretos de Brasília para Uberlândia que começam em 20 de agosto deste ano já estão sendo vendidas no site da Gol. 

A Gol vai retomar voos de Montes Claros (MG) para Guarulhos e de e Juiz de Fora (MG) para a cidade de São Paulo (Congonhas) a partir de 31 de agosto.  As outra cidades que voltarão a receber pousos e decolagens da companhia são Campina Grande (PB), Caxias do Sul (RS), Londrina (PR), Maringá (PR) e Presidente Prudente (SP), Sorriso (MT), além da reativação das frequências sem escalas de Uberlândia para Brasília.

As passagens dos voos diretos da Gol e Brasília para Uberlândia já estão sendo vendidas no site da Gol.  O primeiro voo será no dia 20 de agosto. No dia 31 de agosto a Gol vai iniciar voos de Sorriso para Brasília. A compra das passagens deste destino também também já está disponível no site da Gol.

Os voos de Sorriso e de Uberlândia serão operados pela VoePass, antiga Passaredo. A companhia usa em seus voos o ATR-72 com 70 assentos. Antes da pandemia do coronavírus os voos de Uberlândia para Brasília eram vendidos somente no site da VoePass.

A VoePass está operando em parceria com a Gol voos para Guarulhos partindo de Rio Verde (GO), Dourados-MS (DOU) e Araçatuba (SP). Os voos de Dourados para Guarulhos eram operados pela Gol até março deste ano com os Boeings 737-700 com 138 assentos.

A VoePass também realiza os voos da Gol de São José do Rio Preto (SP), Barreiras (BA), Araguaína (TO)  para Brasília. Tudo indica que novas parcerias serão anunciadas em breve pelas duas companhias.

Pretende viajar? Garanta aqui passagens aéreas com descontos especiais

 

 

VoePass vai retomar voos em Uberlândia no dia 31 de julho

No dia 3 de julho a VoePass retomou os voos de Ribeirão Preto para Guarulhos (SP) e para o Rio de Janeiro (Aeroporto Santos Dumont).

A VoePass, antiga Passaredo, que completou 25 anos de fundação no dia 3 de julho, decidiu reativar mais três rotas a partir de 31 de julho, A companhia vai voltar a oferecer voos diretos de Uberlândia para Brasília e de Uberlândia para a cidade de Ribeirão Preto, principal centro de distribuição de rotas da VoePass.

A VoePass também decidiu retomar os voos sem escalas de Ribeirão Preto para Brasília. No site da VoePass já é possível comprar as passagens de todos os voos que serão retomados. A companhia será a única a oferecer as ligações sem escalas entre estas cidades.

No dia 3 de julho a VoePass retomou os voos de Ribeirão Preto para Guarulhos (SP) e para o Rio de Janeiro (Aeroporto Santos Dumont). Já no Norte do Brasil foram a companhia voltou a operar em 10 cidades. Essas rotas são atendidas pela MAP Linhas Aéreas, empresa comprada pela VoePass em agosto do ano passado.

Mais voos em Brasília

O Aeroporto de Brasília vai ganhar 12 novos destinos a partir do mês de julho, um crescimento de 640% em relação ao mês de abril, que apresentou o pior fluxo de passageiros dos últimos 25 anos. Ainda não há uma data para a retomada dos voos internacionais.

Segundo a Inframerica, concessionária do aeroporto, em julho o terminal passará a atender 35 cidades brasileiras e diariamente deverá receber em média 100 pousos e decolagens. A quantidade ainda está longe dos 380 voos diários de antes da pandemia, mas já é uma retomada importante para conexão e logística do país.

Frase…

 “O Aeroporto de Brasília é um importante centro de conexão e vem recuperando o movimento de forma gradativa. Para receber estas novas frequências, adotamos diversos protocolos sanitários a exemplo da solução termográfica para aferir a temperatura corporal dos passageiros e a disponibilização de mais de 30 pontos de álcool gel espalhados nos principais pontos do terminal”

Roberto Luiz, head de negócios aéreos da Inframerica

Uso de máscaras é obrigatório

As salas de embarque do Píer Norte–, que estavas fechada desde abril, foram reabertas como forma de atender às recomendações de distanciamento social.

Segundo a concessionária, a medida é necessária para evitar aglomerações no terminal em virtude da intensificação das operações que vêm sendo retomadas ao longo deste mês. Com a reabertura da sala de embarque, a concessionária espera espalhar e espaçar o fluxo de passageiros.

A Inframerica destaca que o uso de máscaras no terminal é obrigatório e que os usuários que não estiverem usando o acessório poderão ser impedidos de embarcar.

Veja abaixo a lista de cidades atendidas com voos direto do Aeroporto de Brasília:

Sul:

Curitiba, Porto Alegre e Florianópolis

Sudeste:

São Paulo (Congonhas), Guarulhos, Campinas, Rio de Janeiro (Santos Dumont e Galeão), Belo Horizonte, Vitória, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e Uberlândia

Nordeste:

Fortaleza, Salvador, Recife, São Luiz, Teresina, Barreiras, João Pessoa, Maceió e Natal

Centro Oeste:

Cuiabá, Goiânia e Campo Grande

Norte:

Manaus, Santarém, Belém, Rio Branco, Macapá, Marabá, Porto-Velho, Boa Vista e Palmas e Araguaína.

 

VoePass renova todas as aeronaves para a retomada dos voos em 3 de julho; veja fotos inéditas

Pretende viajar? Garanta aqui passagens aéreas baratas

Azul retoma voos em Governador Valares e Juiz de Fora a partir de agosto

A companhia também volta a operar em outras seis cidades do Brasil

A partir de Agosto, a Azul vai aumentar para 303 o número de voos diários e outras oito cidades do país voltarão a receber os aviões da companhia. Depois de ter reduzido o funcionamento, devido a pandemia do novo coronavírus, a companhia aos poucos está retornando os serviços.

A reabertura será feita em Vitória da Conquista (BA), Dourados (MS), Presidente Prudente (SP), Campina Grande (PB) e Governador Valadares (MG), no dia 3 de agosto, Juiz de Fora (MG), no dia 17, Ilhéus (BA) e Joinville (SC) no dia 18. Com esses novos destinos, a Azul passa a operar em 80 cidades, entre capitais e interior. Além do retorno das bases, a empresa também irá reforçar a operação em Belo Horizonte e Campinas, onde ficam os centros de conexão.

Todos os novos voos da malha de agosto seguirão os protocolos e medidas de higiene estabelecidos pela Azul desde o início da pandemia. A limpeza das aeronaves será reforçada e o uso de máscaras é obrigatório, por clientes e tripulantes, em solo e a bordo. Além disso, Kits com luvas, álcool em gel e lenço umedecido estarão disponíveis para uso nos aviões.

O vice-presidente de receitas da Azul, Abhi Shah, falou sobre o retorno dos voos:

“Para o próximo mês, voltaremos a conectar importantes cidades do interior de estados brasileiros, reforçando a vocação regional da Azul e a nossa conectividade, que amplia as opções de voos e destinos para nossos Clientes. Recompondo parte da oferta, nossa malha crescerá 290% em agosto em comparação com abril, nos permitindo atender as pessoas que precisam continuar se deslocando pelos mais diversos motivos. O transporte aéreo é fundamental para contribuir com a retomada da economia e servir um país de dimensões continentais como o Brasil”, afirmou.

Tranquilidade e segurança: Viaje para lugares que seguem protocolos contra a Covid-19

Seguindo as medidas de segurança, a Serra do Cipó, em Minas Gerais, e atrações de Gramado, na Serra Gaúcha, já retornaram. Voos  de ida e volta que te levam para esses destinos a  partir de R$ 188.

Parque Snowland em Gramado / Foto: Gramado Parks

 

Alguns lugares no Brasil estão retomando, de forma gradual e lenta, as atividades turísticas. E para mudar a realidade de hotéis, bares e atrações fechadas, muitos empreendedores tiveram que se readequar seguindo vários protocolos de segurança. É o caso da Serra do Cipó, em Minas Gerais, e do parque Snowland, em Gramado, que já voltaram a receber turistas, mas com regras.

A Serra do Cipó, localizada na região Metropolitana de Belo Horizonte, é conhecida pelas belas cachoeiras e paisagens naturais. No local não há casos confirmados de Covid-19 e os bares e pousadas só podem funcionar com 50% da taxa de ocupação.

E para chegar no local é fácil e barato. Localizada a 75 quilômetros do Aeroporto Internacional de Confins, em voos de ida e volta, saindo de São Paulo, é possível pagar apenas R$ 188. Já saindo do Rio de Janeiro as passagens saem e 205 reais. Vale muito a pena passar um final de semana curtindo a tranquilidade da Serra do Cipó. E nada de aglomeração, as cachoeiras, que geralmente são afastadas das cidades e pousadas, estão vazias. É a chance de se sentir dono dessas paisagens maravilhosas.

O mesmo vale para o Parque Snowland, localizado em Gramado, no Rio Grande do Sul. A atração com patinação no gelo, esqui, montanha de neve e Snowboard reabriu para o público na última quinta-feira (25). Com horário de funcionamento estendido, em dias de maior movimento, e seguindo mais de 50 procedimentos de segurança o local retomou as atividades.A cidade de Gramado, onde o parque está localizado, também já reabriu os hotéis e restaurantes sem aglomerações, operando com 50% da capacidade máxima.

As passagens que te levam para Gramado estão com ótimos preços. Desembarcando no Aeroporto de Porto Alegre, o mais próximo da cidade, partindo de São Paulo ou do Rio de Janeiro os voos saem em média R$ 210.

Viaje para Gramado! Compre agora passagens de São Paulo para Porto Alegre por R$ 197

Já se você deseja outro destino, confira nas tabelas abaixo preços de passagens para lugares que já retomaram as atividades turísticas:

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com