Veja 5 atrações para visitar em Areia, cidade histórica no interior da Paraíba

Veja 5 atrações para visitar em Areia, cidade histórica no interior da Paraíba

Areia é um encantador município brasileiro do estado da Paraíba, localizado próximo à Campina Grande. Por estar situada em um local elevado, essa cidade costuma ser coberta por uma leve neblina no inverno e faz parte da rota Caminhos do Frio do Brejo Paraibano.

Apesar disso, a região é conhecida por sua riqueza cultural e histórica e oferece diversos atrativos durante todo o ano para quem deseja conhecer um novo destino. Confira abaixo cinco atrações nesta localidade:

Igrejas centenárias

Foto por: Prefeitura Municipal de Areia

A igreja consagrada à Nossa Senhora do Rosário foi iniciativa de uma irmandade originalmente composta por escravizados. É a mais antiga de Areia: tudo indica que sua conclusão aconteceu em 1886. Os escravizados foram os responsáveis pela mão-de-obra utilizada na construção.

Já Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição nasceu a partir de uma capela que foi construída em terreno doado por Bartolomeu da Costa Pereira e existia antes de 1800. Do ponto de vista arquitetônico era apenas um casarão de palha atravessado no meio da rua. Hoje é um dos pontos turísticos da região.

Prédios históricos

Foto por: Divulgação

Repleta de construções históricas, tem muito para se ver em Areia. A começar pelo Colégio Estadual, que foi uma das primeiras escolas públicas da Paraíba, datada de 1928. Já os casarios coloridos de Areia são um espetáculo à parte. Com suas estruturas tombadas, agregam valor histórico e cultural, sendo o charme da cidade. E quando ganham flores em suas fachadas, tornam o ambiente ainda mais bucólico e sedutor.

Outra construção histórica é o Casarão José Rufino, de 1818. Foi construído por Jorge Torres e restaurado por José Rufino. São 35 aposentos e uma senzala com seus cubículos individuais que circundam um grande pátio lajeado.

Museu Casa de Pedro Américo

Foto por: Prefeitura Municipal de Areia

Faz parte de um conjunto arquitetônico da cidade de Areia tombado pelo IPHAN em 2005. O prédio onde nasceu Pedro Américo de Figueiredo e Melo reúne objetos que pertenceram ao pintor e réplicas de telas famosas, como o “Grito do Ipiranga”. Pedro Américo foi um dos maiores pintores do Brasil, deixando obras que permanecem vivas até hoje no imaginário coletivo da nação, como “Batalha de Avaí”, “Fala do Trono” e “Tiradentes Esquartejado”.

Portal Turístico Luiz Lira de Melo

Quem acessa Areia por Alagoa Grande tem o prazer de ser recebido pelo lindo portal turístico Luiz Lira de Melo. O projeto é do arquiteto Neron Brasil. No portal há uma estrutura com quiosque, estacionamento para carros e ônibus, além de uma praça. O ambiente é cercado por verde e flores.

Teatro Minerva

Foto por: Prefeitura Municipal de Areia

O teatro é o mais antigo da Paraíba, sendo datado de 1859. Sua estrutura serviu de inspiração para construção de dois outros teatros famosos no Estado: o Santa Ignez em Alagoa Grande e o Santa Roza em João Pessoa. O Teatro Minerva continua em atividade e recebe visitantes com espetáculos sendo palco de importantes eventos.

Sobre a Atura

A Atura, Associação de Turismo Rural e Cultural de Areia-PB, foi fundada no dia 01 de agosto de 2012. Nasceu com o intuito de unir empreendedores de Areia para fomentar o turismo de forma responsável e sustentável.

A Atura tem um calendário de eventos o ano inteiro e dá apoio a iniciativas que atraiam turistas à cidade. São eventos da Associação o Festival do Café, o São João da Atura, o Festival Gastronômico, o Festival das Flores, o Natal Rural Iluminado.

Há diversas ações realizadas em parceria com a UFPB e o IFPB, como o projeto da produção de café gourmet e a criação da Rota do Café e a Rota do Mel com a criação de abelhas sem ferrão.

Por meio da Assembleia Legislativa, Areia se tornou capital paraibana da cachaça, por reunir maior número de engenhos da Paraíba com cachaças premiadas internacionalmente. E, também, ganhou o título de capital das flores no Estado.

Há um projeto de iniciativa da Atura com apoio do deputado estadual Chió em que foram adquiridas mais de 7 mil mudas e plantadas entre Areia e Remígio.  A ideia é da Atura em parceria com a ATURR, Associação de Turismo Rural de Remígio. O objetivo é unir as duas cidades por flores e ser um ponto turístico entre os dois municípios.

Com essa ação, existe uma finalidade maior: desenvolver as floriculturas de Areia, ampliando assim a autonomia desses empreendedores e a fama de cidade das flores.

A Atura conta hoje com mais de 80 pessoas entre associados e entusiastas do turismo de Areia-PB.

Foto destaque por: Divulgação

(Visited 9 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com

Ação não permitida!