LATAM vai encerrar voos para 8 destinos a partir de 27 de outubro

No dia 2 de novembro a LATAM Brasil deixa de oferecer voos de Confins-Florianópolis e de Confins para Fortaleza.

Confins (MG) e Galeão (RJ) são os aeroportos mais afetados pela decisão da LATAM Brasil de cancelar voos em oito rotas a partir de 27 de outubro deste ano. A venda das passagens dos destinos afetados já foi suspensa no site da companhia. A LATAM tem investido na ampliação das frequências em Guarulhos (SP),  Brasília e Santos Dumont (RJ).

Os voos da LATAM que serão encerrados a partir de 27 de outubro deste ano serão do Galeão para Goiânia, Confins -Salvador, Galeão-Curitiba,  Galeão-Maceió, Galeão-Vitória e  Maceió-Porto Alegre. No dia 2 de novembro a LATAM Brasil deixa de oferecer voos de Confins-Florianópolis e de Confins para Fortaleza.

A partir de 15 de novembro deste ano a LATAM Brasil terá voos diretos do Aeroporto Santos Dumont, que fica no Centro do Rio de Janeiro, para Vitória, Porto Alegre e Curitiba. As passagens destas novas frequências já estão sendo vendidas no site da companhia.

Leia nota divulgada pela LATAM Brasil

A LATAM Airlines Brasil confirma as suspensões das rotas mencionadas e reitera que os clientes já foram notificados para que possam alterar os seus itinerários para voos com conexão. Independentemente deste ajuste pontual, a companhia reforça que está atenta às necessidades dos clientes para expandir de 5% a 7% a sua operação doméstica no Brasil em 2019.

Somente neste ano, a LATAM já criou 11 novas rotas no Brasil, além de ampliar em 46,6% a quantidade de voos em 35 rotas domésticas já operadas pela companhia no País.

Veja abaixo todas as 11 novas rotas domésticas lançadas pela LATAM em 2019:

Guarulhos-Palmas
Guarulhos-Ilhéus
Guarulhos-Rio Branco
Guarulhos-Navegantes
Guarulhos-Cuiabá
Santos Dumont-Salvador
Santos Dumont-Vitória
Santos Dumont-Porto Alegre
Santos Dumont-Curitiba
Porto Alegre-Curitiba
Guarulhos-Maringá

Veja abaixo todas as 35 rotas domésticas já operadas pela LATAM em 2019 que foram ampliadas em 46,6%:

Maceió-Brasília (de 12 para 14 frequências semanais)
Maceió-Guarulhos (de 20 para 34 frequências semanais)
Belém-Fortaleza (de 7 para 13 frequências semanais)
Macapá-Belém (de 5 para 6 frequências semanais)
São Luís-Guarulhos (de 14 para 21 frequências semanais)
João Pessoa-Guarulhos (de 14 para 20 frequências semanais)
Aracaju-Guarulhos (de 7 para 14 frequências semanais)
Fortaleza-Teresina (de 7 para 14 frequências semanais)
Fortaleza-Salvador (de 7 para 14 frequências semanais)
Fortaleza-São Luís (de 12 para 14 frequências semanais)
Fortaleza-Guarulhos (de 51 para 60 frequências semanais)
Salvador-Guarulhos (de 47 para 83 frequências semanais)
Porto Seguro-Guarulhos (de 14 para 21 frequências semanais)
Porto Seguro-Brasília (de 5 para 7 frequências semanais)
Porto Seguro-Belo Horizonte (de 8 para 13 frequências semanais)
Salvador-Congonhas (de 23 para 27 frequências semanais)
Natal-Guarulhos (de 27 para 35 frequências semanais)
Goiânia-Guarulhos (de 12 para 28 frequências semanais)
Campo Grande-Guarulhos (de 14 para 20 frequências semanais)
Brasília-Vitória (de 12 para 13 frequências semanais)
Brasília-Confins (de 24 para 32 frequências semanais)
Brasília-Galeão (de 11 para 20 frequências semanais)
Brasília-Fortaleza (de 19 para 27 frequências semanais)
Brasília-Salvador (de 18 para 20 frequências semanais)
Brasília-Aracaju (de 5 para 7 frequências semanais)
Brasília-Florianópolis (de 6 para 13 frequências semanais)
Brasília-Foz do Iguaçu (de 1 para 2 frequências semanais)
Vitória-Congonhas (de 25 para 33 frequências semanais)
Galeão-Foz do Iguaçu (de 11 para 16 frequências semanais)
Santos Dumont-Guarulhos (de 12 para 30 frequências semanais)
Congonhas-Jaguaruna (de 6 para 7 frequências semanais)
Congonhas-Curitiba (de 55 para 66 frequências semanais)
Guarulhos-Porto Alegre (de 55 para 79 frequências semanais)
Guarulhos-Foz do Iguaçu (de 18 para 41 frequências semanais)
Guarulhos-Confins (de 34 para 42 frequências semanais)

 

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com