Congonhas perde passageiros para Campinas e Guarulhos e registra queda de 5,88%

Congonhas é o segundo maior aeroporto do Brasil

Celso Martins

O Aeroporto de Congonhas, o segundo mais importante do país, está perdendo passageiros para os terminais de Guarulhos e Campinas. Balanço da Infraero mostra que o aeroporto central paulista registrou e janeiro a maio deste ano queda de 5,88% no número de embarques e desembarques. No ano passado foram 6,8 milhões de passageiros, e neste ano 6,4 milhões, 401 mil a menos.
O Aeroporto de Campinas transportou 3,55 milhões de passageiros, 22,9% a mais em relação ao ano passado, e Guarulhos registrou crescimento de 6,5%, atingindo 12,5 milhões de embarques e desembarques.
“Os passageiros estão aproveitando as promoções das companhias para Guarulhos. Algumas companhias, como a Webjet, oferecem passagens por menos de R$ 60 nos voos que partem de Curitiba, Galeão e Confins”, analisou o economista Pedro Alvarenga Mello, especialista em aviação.
Sobre o crescimento do Aeroporto de Campinas, Pedro Alvarenga afirma que é em função do aumento de voos da Azul, que além das tarifas promocionais, oferece ônibus de graça para várias regiões da capital paulista a partir de Viracopos “Apenas Gol, TAM e Avianca têm voos entre Congonhas e Santos Dumont, o que faz com que os preços sejam altos para quem vai comprar a passagem na última hora. Campinas e Guarulhos são uma alternativa para quem deseja economizar nas viagens”, declarou.
Galeão registra recorde
O Aeroporto do Galeão registrou de janeiro a maio deste ano aumento de 19% no número de embarques e desembarques, totalizando 7,044 milhões de passageiros. Por outro lado, o Santos Dumont cresceu 4,1%, abaixo da média nacional que inclui todos os aeroportos gerenciados pela Infraero. Os embarques e desembarques cresceram 6,5%.
O Aeroporto de Confins transportou de janeiro a maio deste ano aumento de 18,2%, passando de 3,6 milhões para 4,2 milhões. Todos os números apresentados neste texto incluem o movimento de passageiros nos voos nacionais e internacionais.
(Visited 4 times, 1 visits today)