Exclusivo! Governo de Minas vai acabar com o projeto de voos regionais no dia 28 de junho

Em Teófilo foi criado um movimento para garantir que os voos para Belo Horizonte continuem sendo operados pela iniciativa privada.

O Voe Minas Gerais, projeto criado pelo ex-governador Fernando Pimentel (PT), tem data para acabar. O último voo será o dia 28 de junho. O projeto foi criado em 2016 com a intenção de integrar as regiões de Minas e fomentar o turismo no estado.

 

A informação sobre o fim do Voe Minas é do deputado estadual Neilando Pimenta (Podemos), empresário do setor de educação que tem sua base em Teófilo Otoni. O deputado lidera um movimento para que uma empresa do setor privado mantenha o projeto.

A partir do Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, são oito destinos atendidos pela TWOFlex. Os voos de Teófilo são os mais rentáveis. Em alguns dias da semana a cidade é atendida com dois voos em cada sentido. Os outros voos com boa taxa de ocupação são os de Caratinga, Manhuaçu, Almenara e Patos de Minas. Nenhuma destas cidades possui voos comerciais de outra companhia.

As outras cidades que vão ficar sem voos do Voe Minas a partir de 28 de junho são Ipatinga, Governador Valadares e Diamantina. O projeto chegou a atender 18 cidades. O governador Romeu Zema (Novo) decidiu acabar com os voos por causa dos prejuízos dados aos cofres do estado. Em Governador Valadares e Ipatinga a aAzul oferece voos para Confins, na Grande Belo Horizonte.

A Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge) já suspendeu a venda das passagens para viagem a partir de 28 de junho, mas oficialmente não confirma o fim do projeto. A Codemge afirma que está analisando os projetos.

A venda das passagens foi suspensa no site do projeto Voe Minas

Parceria

A Gol opera nos aeroportos de Belém e Manaus para seis cidades atendidas no Norte pela TwoFlex: Monte Dourado, Almeirim, Porto de Moz e Breves, no Pará; e Maués e Parintins, no Amazonas. Partindo de Cuiabá, no Centro-Oeste, os voos da TwoFlex em parceria com a Gol são para Água Boa, São Félix do Araguaia, Tangará da Serra e Juína.

A TWOFlex  poderá manter os voos em Minas Gerais em parceria com a Gol ou com outra empresa. A empresa tem sua frota os aviões Caravan com 9 assentos. a TWO tem certificação da ANAC, motivo que levou a Gol ter feito a parceria no Norte do Brasil.

Convocação da reunião que aconteceu no dia 20 de maio em Teófilo Otoni

Pretende viajar por outra companhia? Faça aqui a sua cotação e garanta descontos especais

Gol começa a vender em seu site as passagens dos voos operados pela TWOFlex e MAP Linhas Aéreas

 

Governo de Minas encerra voos para Araxá e mais quatro cidades; veja quais

No dia 22 de fevereiro deste ano o Governo de Minas acabou com os voos para as cidades de Guaxupé, Passos e Piumhi.

O Governo de Minas Gerais acaba de dar fortes sinais de que pretende acabar com os voos regionais do projeto Voe Minas. A cidade de Araxá, a terra do governador Romeu Zema (Novo), perdeu nesta semana todos os seus voos. Agora a cidade terá um voo por semana da companhia Azul.  Os voos em Uberlândia que foram iniciados no dia 11 de março deste ano foram encerrados por falta de passageiros.

Também perderam voos as cidades de Patrocínio, Pouso Alegre e Viçosa. Essas rotas foram canceladas em função da baixa taxa de ocupação nas aeronaves do Voe Minas. Em todos os voos a partir do Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, são usados os aviões Caravan com nove assentos.

No dia 22 de fevereiro deste ano o Governo de Minas acabou com os voos para as cidades de Guaxupé, Passos e Piumhi. Atualmente as rotas mais rentáveis são as das cidades de Teófilo Otoni e Caratinga. Além de ter em alguns dias da semana dois voos de Teófilo Otoni para Belo Horizonte, a partir do próximo final de semana estas cidades terão voos aos sábados e domingos.

O Voe Minas foi criado em agosto de 2017 com o objetivo de integrar as regiões de Minas Gerais com Belo Horizonte. Por causa do prejuízo causado à Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), que gerencia o projeto, o Governo de Minas Gerais estuda acabar com todos os voos em junho deste ano.

A taxa média de ocupação dos voos atingiu percentual acima de 60%, com receita da venda de passagens totalizando R$ 7,5 milhões. O subsídio por passageiro tem apresentado constante diminuição no decorrer do projeto, tendo chegado em julho em R$ 119,31 por passagem.

CONHEÇA AQUI OS SITES QUE VENDE PASSAGENS AÉREAS COM DESCONTOS DE ATÉ 50%

Uberlândia ganha voo direto para Araxá e Patos de Minas; confira os horários

O Voe Minas Gerais completou dois anos em operação em agosto de 2018 com cerca de 23 mil passageiros foram transportados.

O Voe Minas Gerais começou a oferecer nesta segunda-feira (11/03) voos de Uberlândia para os municípios de Araxá, Patos de Minas e Patrocínio. Os voos serão operados pelas aeronaves Cessna Grand Caravan 208 B que transportam até nove passageiros. O município de Araxá, terra do governador de Minas Romeu Zema (NOVO), já tem voos sem escala deste mesmo projeto para Patos de Minas e Belo Horizonte (Pampulha).

As decolagens em Patos de Minas para Uberlândia serão às segundas-feiras, às 7h50 e às 16h15; quartas-feiras, às 7h50; quintas-feiras, às 16h50; e sextas-feiras, às 14h55. De Uberlândia a Patos de Minas, estão disponíveis os seguintes horários: segundas-feiras, às 13h20 e às 18h50; terças-feiras, às 13h20; quartas-feiras, às 13h20; quintas-feiras, às 13h20; e sextas-feiras, às 19h10. O valor dos bilhetes varia de R$ 370 a R$ 410.

Araxá para Uberlândia

Já os horários de decolagem em Araxá para Uberlândia são: segundas-feiras, às 11h20; terças-feiras, às 8h20; quartas-feiras, às 12h; quintas-feiras, às 8h20; e sextas-feiras, às 11h20. De Uberlândia para Araxá, estão à disposição os seguintes horários: segundas-feiras, às 10h20 e às 18h50; quartas-feiras, às 10h20; e sextas-feiras, às 10h20 e às 19h10. Os preços das passagens variam entre R$ 310 e R$ 340.
Patrocínio para Uberlândia

De Patrocínio para Uberlândia, os horários são: segundas-feiras, às 16h55, e sextas-feiras, às 14h15. De Uberlândia a Patrocínio, estão disponíveis os seguintes horários: quartas-feiras, às 10h20, e sextas-feiras, às 13h20. O valor dos bilhetes vai de R$ 260 a R$ 290.
Operação

BALANÇO DO PROJETO

-O Voe Minas Gerais completou dois anos em operação em agosto de 2018. Nesse período, cerca de 23 mil passageiros foram transportados em 6.535 voos realizados.

-A taxa média de ocupação dos voos atingiu percentual acima de 60%, com receita da venda de passagens totalizando R$ 7,5 milhões.

-O subsídio por passageiro tem apresentado constante diminuição no decorrer do projeto, tendo chegado em julho em R$ 119,31 por passagem.

Os 17 municípios atendidos atualmente são: Almenara, Araçuaí, Araxá, Belo Horizonte, Caratinga, Diamantina, Governador Valadares, Ipatinga, Manhuaçu, Patos de Minas, Patrocínio, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Teófilo Otoni, Uberlândia, Varginha e Viçosa. Em Ipatinga, por determinação da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), os voos estão suspensos no Aeroporto Regional do Vale do Aço, no momento.

 

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com