Conheça Alter do Chão, o Caribe Amazônico

 

O balneário de Alter do Chão tem água doce transparente e areia branquinha. Esse inusitado paraíso é uma aldeia de pescadores, a 35 Km de Santarém, a segunda maior cidade paraense, que se transforma em uma praia disputada quando as águas do rio baixam e deixam o cenário deslumbrante à vista. O lugar ganhou o apelido de “Caribe Amazônico”, mas o codinome é pouco para descrever sua beleza autêntica e bem brasileira.

A praia de Alter do Chão se tornou parada obrigatória dos barcos que cruzam o rio Amazonas. O programa, ali, é relaxar e saborear as delícias da cozinha local, à base de peixes e frutas da região, como o açaí. Durante o período agitado de festas, a opção pela hospedagem em um barco possibilita maior exclusividade e conforto, além um contato íntimo com a natureza. Esta é a proposta do roteiro fluvial da Freeway, com acomodação a bordo e o restante do dia livre, com o barco atracado.
Partindo de Santarém, a viagem começa na Vila de Alter do Chão, com passeio pelo centrinho, para conhecer a simpática comunidade de pescadores. Navegar pelas águas cristalinas do rio Arapiuns, parando para visitar a comunidade de Urucureá, associação local que realiza peças com palha do tucumã (típica fruta da região), é um dos passeios inesquecíveis do roteiro. O dia termina na praia de Icuxi, com um banho de rio e possível observação de botos.
Amanhecer ancorado em um rio amazônico, ouvindo o barulho dos pássaros, é das experiências inesquecíveis proporcionadas por esse roteiro. Na comunidade de Coroca, é possível conhecer o trabalho local de criação de peixes, tartarugas e mel de abelha sem ferrão. Há também a Ponta Grande, uma linda praia que se estende pelo meio do rio de areia fina e branca. O local perfeito para passar a noite, admirando o visual.  Na Floresta Nacional do Tapajós, os viajantes farão uma trilha pela mata nativa, com mais um banho refrescante no igarapé.
PACOTES
No último dia do ano, o barco atraca na Ponta de Maguary, perfeita para mergulho, nas águas do rio Tapajós –de um azul-anil fascinante. É um dia especial para meditar, fazer os desejos para 2016, recarregar as energias e curtir a noite de céu estrelado, dando boas vindas ao novo ano, na Ponta do Muretá. O momento da virada será especial, com boa música e jantar pé na areia, com chance de ver o dia raiar, dançando à beira do rio Tapajós.
 

tel. 11 – 5088-0999

Consulte hospedagens em Alter do Chão, Pará

Banner 728x90

MAP inicia a venda das passagens dos voos para Belém e mais três cidades do Pará

Já estão sendo vendidas as passagens da MAP Linhas Aéreas dos voos para os quatro novos destinos do Pará que começam a ser operados em 11 de agosto. O voo 9058 da companhia vai decolar diariamente às 7 horas de Manaus, onde fica a sede da empresa, para Parintins, no interior do Amazonas. A mesma aeronave segue para as cidades paraenses de Itaituba, Santarém, Altamira e Belém. O pouso nesta última etapa desse voo será 14h05.

O voo 9061 da MAP que parte de Belém decola sempre as 14h05 para Manaus, mas faz as mesmas paradas. O pouso na capital amazonense deve ser sempre as 19h40. As passagens de Manaus para Belém estão sendo vendidas por R$ 489,90 na ida e R$ 659,90 na volta.
A intenção da MAP é lançar voos nas cidades de São Paulo de Olivença, Santa Isabel do Rio Negro e Barcelos, no Amazonas. Esses municípios perderam voos da companhia Azul em maio deste ano. A Azul alega que o motivo da suspensão dessas operações se deve ao fato de não haver conformidade entre o peso médio de decolagens das aeronaves ATR-42 da Azul e o peso declarado no ROTAER – Manual Auxiliar de Rotas Aéreas.
Serão pelo menos dois voos por semana para Manaus. A MAP tem em sua frota o ATR-42 com 45 lugares e o ATR-72, mesmo modelo usado pela Azul. Nos voos de Manaus para Parintins a Azul oferece voos com tarifas mais baratas.
Serviço
Telefone da MAP: 92-2125-5000

Site da MAP mostra a nova rota no Pará

MAP inicia em agosto voos para Belém com escalas em três cidades do Pará

A partir de 11 de agosto, a Map Linhas Aéreas inicia voo
diário de Manaus para Belém com escalas em Parintins (AM), Itaituba (PA), Santarém
(PA) e Altamira (PA). A companhia vai usar nesta rota o ATR-72 com 70 lugares.
As passagens começam a ser vendidas em 11 de julho. Para marcar a entrada
no estado do Pará, a MAP lançou um novo site (Veja imagem).

A partida de Manaus será sempre as 7 horas. A mesma
aeronave segue para Parintins, Itaituba, Santarém e Altamira até pousar na
capital paraense. A decolagem de Belém será sempre as 19h40 com paradas nas
mesmas cidades no retorno. A MAP faz a ligação de Manaus com Parintins, Lábrea
e Carauari.
A intenção da MAP é lançar voos nas cidades de São Paulo de Olivença, Santa Isabel do Rio Negro e Barcelos,
no Amazonas. Esses municípios perderam voos da companhia Azul em maio deste ano.
A Azul alega que o motivo da suspensão dessas operações se deve ao fato de não
haver conformidade entre o peso médio de decolagens das aeronaves ATR-42 da
Azul e o peso declarado no ROTAER – Manual Auxiliar de Rotas Aéreas.
A MAP informou que as pendências nos aeroportos
das cidades já estão sendo resolvidas, como por exemplo, mais segurança nas áreas
de embarques. A companhia aguarda autorização da Agência Nacional de Aviação
Civil (Anac) para lançar voos para as cidades do Amazonas ainda neste ano.
Serão pelo menos dois voos por semana para
Manaus. A MAP tem em sua frota o ATR-42 com 45 lugares e o ATR-72, mesmo modelo
usado pela Azul. Nos voos de Manaus para Parintins a Azul oferece voos com
tarifas mais baratas.

Serviço

Telefone da MAP: 92-2125-5000
Empresa pretende ampliar sua malha nos estados do Amazonas e Pará com o ATR
HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com