Azul vai voltar a operar voos em Divinópolis após Infraero anunciar gestão do aeroporto

A  Azul vai usar em Divinópolis o ATR-72 com 70 assentos e os voos serão diretos para Campinas, principal centro de distribuição de rotas da companhia.

A companhia Azul pretende retomar em breve os voos comerciais na cidade de Divinópolis, no Centro-Oeste de Minas. O aeroporto está com as operações suspensas desde maio de 2018, quando a Socicam deixou o terminal por causa do atraso nos pagamentos pela Prefeitura de Divinópolis, que ainda tem a gestão do terminal. A Azul terá voos três vezes por semana e a operação será das 8 às 18 horas. O início da data dos voos depende de uma liberação da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Na próxima segunda-feira  (10/6) será assinado o contrato de gestão e operação do Aeroporto Brigadeiro Cabral, em Divinópolis. A cerimônia acontecerá às 14h, no saguão central do terminal de passageiros do aeroporto mineiro, e contará com as presenças do diretor de Negócios Comerciais da Infraero, Thiago Pereira Pedroso, do prefeito da cidade, Galileu Teixeira Machado, dentre outras autoridades federais, estaduais e municipais.

A gestão e operação do Brigadeiro Cabral é fruto de contrato firmado entre a Infraero e a Prefeitura de Divinópolis. A gestão da Infraero será de 12 meses, prorrogável por mais 60.  A Infraero será responsável pela gestão do aeroporto, incluindo os serviços Agentes de Proteção de Aviação Civil (APAC), fiscalização das áreas do terminal de passageiros, bem como da pista de pousos e decolagens, pátio e taxiways durante o atendimento de embarques e desembarques de passageiros.

A  Prefeitura de Divinópolis ficará responsável pela limpeza e conservação, vigilância e manutenção, bem como, os serviços de água, luz e telefonia e demais investimentos necessários. O contrato também prevê a participação de cinco empregados, três APACs e dois fiscais de pátio devidamente habilitados, conforme regulação vigente para a execução dos serviços.

 O terminal de passageiros do Brigadeiro Cabral conta com 220 m², já o pátio de aeronaves dispõe de 21 mil m². A pista de pousos e decolagens conta com 1.540 m x 30 m; a taxiway A tem 150 m x 22,5 m, e a taxiway B com 220 m x 22,5 m. A  Azul vai usar em Divinópolis o ATR-72 com 70 assentos e os voos serão diretos para Campinas.

Nota da Azul

A Azul comemora o desejo da Infraero de assumir a gestão e operação do Aeroporto Brigadeiro Cabral, em Divinópolis (MG), e ressalta que vai acompanhar o cronograma de execução das adequações no aeródromo após a assinatura do contrato. A Azul reitera o desejo de voltar a operar na cidade em um prazo de 60 dias após a solução dos problemas de infraestrutura, conectando Clientes de Divinópolis a toda a malha da empresa, que é a maior e mais extensa do país.

 

Pretende viajar? Garanta aqui descontos na compra das passagens aéreas

 

VoeMinas suspende operações em Ipatinga após interdição do aeroporto

Na sexta-feira (14/02), a Azul suspendeu os voos em Ipatinga por conta própria após constatar que a pista colocava em risco os pousos e decolagens de suas aeronaves.

A venda das passagens do VoeMinas entre Belo Horizonte (Aeroporto da Pampulha) e Ipatinga foi suspensa pela Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge), responsável pelo projeto de voos fretados em várias cidades do estado. Os voos eram operados por aviões de 9 lugares às segundas, quartas e sextas-feira. A suspensão ocorreu após decisão tomada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) na última terça-feira (19/02) de interditar a pista do aeroporto da maior cidade do Vale do Aço. Somente helicópteros podem operar em Ipatinga. (Veja abaixo nota da ANAC).

Na sexta-feira (14/02), a Azul suspendeu os voos em Ipatinga por conta própria após constatar que a pista colocava em risco os pousos e decolagens de suas aeronaves. Os passageiros de Ipatinga que compraram passagens estão sendo levados de ônibus até Governador Valadares onde embarcam nos voos da Azul. A cidade que tinha apenas um voo agora tem três frequências diárias para o Aeroporto de Confins, localizado na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

NOTA DA ANAC

A ANAC interditou totalmente a pista do Aeródromo Usiminas (SBIP), localizado no Município de Santana do Paraíso/MG, nesta terça-feira (19/2), em decorrência de informações apuradas pela área técnica da Agência acerca de problemas existentes nas áreas pavimentadas do aeroporto. Foi aberto processo administrativo para avaliação de aplicação de medida cautelar ao aeródromo. A ANAC concluiu que não é possível garantir que o aeródromo reúne condições seguras para receber voos. A restrição perdurará até que o operador aeroportuário informe e comprove a correção das não conformidades, ou que tenha implementado as medidas mitigadoras que reduzam o risco a níveis aceitáveis.

Azul suspende voos em Ipatinga por falta de segurança na pista do aeroporto

 

Azul lança mais três voos em Governador Valadares para atender passageiros de Ipatinga

CONHEÇA AQUI O SITE QUE EMITE PASSAGENS AÉREAS COM ATÉ 80% DE DESCONTO

 

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com