Saiba quais são os valores cobrados pelas companhias aéreas para transportar o seu pet

O animal precisa estar com todas as vacinas em dia o peso máximo para transporte na cabine é de 10 quilos, incluindo o peso da caixinha onde seu animalzinho fará a viagem.

A MAP Linhas Aéreas, com sede em Manaus, é a companhia que cobra o menor valor para transportar na cabine o seu animalzinho de estimação. A taxa cobrada é de R$ 100 por trecho e cada passageiro pode levar um pet na cabine. Cada aeronave pode levar três animais. A MAP não transporta animais no porão de seus aviões. (Confira abaixo os valores cobrados pelas outras companhias).


[read more=”Leia mais…” less=”Recolher”]

A Gol cobra R$ 200 por trecho e permite que em cada aeronave sejam transportados até quatro pets. Cada passageiro só pode levar um animal. No porão o custo é de R$ 500 por trecho. A LATAM é a companhia que aceita o maior número de pets em seus voos nacionais. São sete animais por voo e o valor cobrado é de R$ 200 por trecho. Se o transporte for no porão a taxa cobrada é de R$ 500 por trecho.

A taxa cobrada pela Azul para o transporte de animais em seus voos nacionais é de R$ 250. A companhia transporta até três pets por voo. A companhia leva animais nos porões de suas aeronaves. A Passaredo também cobra R$ 250 por trecho sendo três animais por voo. A companhia não leva os pets em seus porões.

A Avianca Brasil aceita três pets por voo e o valor cobrado nos voos nacionais é de R$ 250 por trecho. Se a viagem for no porão a taxa é de R$ 500 por trecho. Lembrando que o animal precisa estar com todas as vacinas em dia o peso máximo para transporte na cabine é de 10 quilos, incluindo o peso da caixinha onde seu animalzinho fará a viagem.

GARANTA AQUI PASSAGENS AÉREAS COM DESCONTOS ESPECIAIS

[/read]

LATAM volta atrás e permite alterações de voos na tarifa Light

Segundo a companhia, quem precisar alterar a passagem antes do voo terá que paga R$ 150 pela mudança. Antes isso não era permitido.

 

A LATAM Airlines Brasil alterou uma das condições da tarifa Light. Desde a última sexta-feira (30), a remarcação passou a ser permitida para este tipo de bilhete. Quem desejar alterar a passagem antes do voo pagará R$ 150 pela mudança.

Segundo a companhia, quem fizer alterações após a data da viagem terá uma taxa de R$ 200, além da diferença entre as tarifas escolhidas, caso haja. Nas tarifas Promo e Light não há reembolso ou franquia de bagagens.

As novas regras da  LATAM para despacho de bagagens e compra das passagens começaram a valer no dia 24 de junho. A mudança é parte da nova forma de viajar do Grupo LATAM Airlines. A proposta é a de que o passageiro escolha como viajar e pagar apenas pelo que deseja adquirir.

 

CONFIRA OS VALORES COBRADOS PELA LATAM

mala12

ACESSE AQUI AS OFERTAS DA LATAM

_Promo USA 300x250

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com