Exclusivo! ANAC aprova criação de nova companhia aérea que poderá substituir a Avianca Brasil

O capital social da nova empresa é de apenas R$ 100, mas isso não foi motivo para reprovação na Agência Nacional de Aviação Civil.

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) aprovou três das cinco etapas para que a
A Life Air Linhas Aéreas comece a oferecer voos comerciais no Brasil. A nova companhia aérea que poderá substituir a Avianca Brasil tem como diretores Jorge Alberto Viana e Carlos Roberto Fernandes Pereira. Esses dois faziam parte Oceanair Linhas Aéreas S.A, empresa que deu origem a Avianca Brasil.

A Life Air entrou com o processo de certificação na ANAC no dia 28 de fevereiro de 2019. Um fato que promete gerar muita polêmica é o fato de a Life Air ter sido criada em 11 de dezembro de 2018 (veja no documento abaixo), um dia depois da Avianca Brasill ter dado entrada na Justiça de São Paulo com pedido de recuperação judicial.

O curioso é que o capital social da nova Life Air é de apenas R$ 100. (Veja documento abaixo). Chama a atenção o fato de no dia 11 de março a companhia Azul ter feito proposta de compra dos ativos da Avianca. Isso aconteceu depois que a Life entrou com processo de certificação na ANAC.

Em uma das etapas de certificação, foi realizada a Reunião de Orientação Prévia (Rob), apresentação dos manuais, etapa da fase 2. Na fase 4 acontece as inspeções de bases operacionais e de manutenção, voo de avaliação operacional.

A Life ainda não informou qual modelo de a aeronave pretende usar. A fase 5 é o recebimento do Certificado de Operador Aéreo – COA e após a outorga para poder operar. O processo dura cerca de 220 dias, mas os manaus da empresa já estão sendo analisados pelos técnicos da agência.

O leilão dos ativos da Avianca Brasil que seria realizado no dia 7 de maio deste ano foi suspenso pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. Azul, Gol e LATAM brigam pelos 23 slots (autorização de pousos e decolagens) da Avianca no Aeroporto de Congonhas, um dos mais importantes do Brasil. Lembrando que a Azul tem 13 slots em Congonhas e LATAM e Gol têm 130 cada.

Com a batalha judicial, a Life Air poderá começar a operar antes do leilão e com o risco de Avianca Brasil suspender todos os seus voos por falta de aeronaves. Está apenas com seis Airbus que estão sendo usados nos voos de Congonhas, Santos Dumont (RJ), Salvador e Brasília.

Veja abaixo os nomes dos diretores e o capital social informado

Documentação que está em uma das gerências da ANAC

Data de criação da Life Air foi em 11 de dezembro de 2018

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com